Segurança

Surto de Covid-19 afeta 4 presídios de Santa Catarina; servidores são maioria dos casos ativos

Unidades prisionais do Estado registram 82 casos ativos e já somam 11 mortes

Divulgação

O sistema prisional de Santa Catarina registrou a 11ª morte por Covid-19 desde o inicio da pandemia. Um detento de 60 anos que estava no Presídio de Tubarão, no Sul do Estado, faleceu na segunda-feira (19) por complicações da doença. A unidade é uma das quatro que passam por um surto de coronavírus no momento.

O sistema prisional de Santa Catarina registrou a 11ª morte por Covid-19 desde o inicio da pandemia. Um detento de 60 anos que estava no Presídio de Tubarão, no Sul do Estado, faleceu na segunda-feira (19) por complicações da doença. A unidade é uma das quatro que passam por um surto de coronavírus no momento.

Além de Tubarão, Florianópolis, Joinville e Criciúma têm prisões com surto da doença. A penitenciária de Florianópolis tem o maior número de casos, com 19 detentos e oito trabalhadores infectados. No Presídio Regional de Joinville, segundo da lista, nove detentos tiveram teste positivo e quatro trabalhadores. No Sul do Estado, a penitenciária feminina de Criciúma soma sete internas infectadas, além de um servidor.

Das 11 mortes por Covid-19 já registradas no sistema prisional, seis foram de detentos segundo os dados atualizados pela SAP. As outras cinco mortes foram de servidores ou funcionários que atuavam nos presídios.

Atualmente, segundo os dados da SAP, ao menos 41 detentos estão infectados com o coronavírus dentro do sistema, além de 42 servidores funcionários. Entre os sete que estão com sintomas mais graves e precisaram de hospitalização, seis são servidores e apenas um cumpre pena. Os números são bem menores do que os registrados na primeira quinzena de março, quando o número de ativos chegou a 276.

Desde o início da pandemia, cerca de 4,5 mil casos foram confirmados em presídios, somando detentos e servidores. O Estado possui 23,6 mil pessoas presas.

Em todo o Estado, 22 unidades prisionais possuem algum caso ativo no momento, mas como o atual mapa de risco para o coronavírus coloca Santa Catarina inteira em nível gravíssimo, na cor vermelha, todas as 77 unidades administradas pelo governo do Estado estão com as visitas presenciais proibidas.

Seguindo protocolos de distanciamento e higiene, as visitas são permitidas apenas nas unidades em regiões com risco moderado ou alto.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Santa Catarina dá início à colheita de cereais de inverno

O estado deve produzir 348 mil toneladas de trigo, o maior valor dos últimos dez anos

Vírus respiratórios ressurgem em crianças e acendem alerta

Alerta é do boletim Infogripe, da Fiocruz

É falso que novos radares da BR-101 de SC vão ser ativados em novembro; entenda

Mensagens nas redes sociais fizeram alerta incorreto sobre início da fiscalização no dia 2 do próximo mês

Prefeitura de São Ludgero funcionará normalmente na segunda-feira (1º)