Geral

Terraplanagem começa para construção de ginásio em Lauro Müller

Os trabalhos não interferem no trânsito nas ruas próximas nem na rotina da escola.

Divulgação

O Governo do Município de Lauro Müller inicia nesta quarta-feira (12) os trabalhos de terraplanagem para construção do ginásio de esportes para alunos da Escola Municipal Hilário Pescador, no bairro Sumaré. Esse serviço é necessário para abrir frente à construção da estrutura, com instalação da base. Os trabalhos não interferem no trânsito nas ruas próximas nem na rotina da escola.

O ginásio vai abrigar os alunos que têm, hoje, uma quadra para uso nas aulas de Educação Física. A EM Hilário Pescador é a maior instituição de ensino fundamental da rede municipal de ensino de Lauro Müller. A área construída será de 1.130 metros quadrados no valor de R$ 1,2 milhão. Segundo a empresa, o prazo para entrega da obra é de oito meses.

A ordem de serviço para a execução da obra foi assinada na segunda-feira passada (10). A empresa vencedora do processo licitatório, a Construtora Nelgui de Criciúma, vai começar os trabalhos construtivos depois do final da terraplenagem.

Com o avanço da construção, os moradores locais, motoristas, pedestres e alunos devem atentar para a circulação de trabalhadores e equipamentos, que vão aumentar nas próximas semanas. Em caso de chuva, os serviços serão cancelados e retornam com a presença de tempo estável.

Com informações do site Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Ricardo Guidi destina cerca de R$2,2 milhões para construção de um novo espaço de lazer no Balneário Rincão

O contrato foi oficializado nesta segunda-feira, 22, na Caixa Econômica Federal, junto com o prefeito Jairo e o vice Luizinho.

Inseguro para estudantes, ginásio em escola pública em Orleans terá que se adequar, diz Justiça

O Corpo de Bombeiros informou que o ginásio não possui todos os sistemas preventivos considerados vitais.

Governador assina convênio de R$ 15,8 milhões para construção de ponte sobre o Rio Araranguá

Construção da ponte da União em Braço do Norte é autorizada pelo judiciário

Com isso, a liminar anteriormente concedida foi cassada, não havendo, por tanto, mais impedimento para o prosseguimento da tão sonhada obra.