Geral

Três servidores comissionados são exonerados em SC por recusarem vacina contra Covid

Decreto municipal torna obrigatória imunização para aqueles em cargos de comissão. Funcionários eram das áreas de Cultura e Defesa Civil.

Divulgação

Três servidores comissionados foram exonerados em Blumenau, no Vale do Itajaí, por recusarem a vacina contra a Covid-19. No município, um decreto torna a imunização contra a doença obrigatória para cargos em comissão (veja mais abaixo).

Dois dos servidores eram da Cultura e um, da Defesa Civil, informou a prefeitura. As exonerações ocorreram em 4 de novembro.

O decreto municipal passou a valer em 20 de outubro, informou a Procuradoria-Geral de Blumenau. De acordo com a norma, todos os servidores públicos comissionados precisam comprovar que estão com o esquema vacinal completo ou receberam, pelo menos, a primeira dose contra a Covid-19.

Os servidores que tiverem alguma restrição médica à vacina passarão por avaliação do Serviço de Saúde Ocupacional do Servidor Público Municipal (Sesosp). A norma prevê que aqueles que se recusarem a receber a vacinação serão exonerados da função.

Blumenau é a terceira cidade catarinense com mais casos de Covid-19 e a quinta com mais mortes. De acordo com o boletim desta quinta (11) do governo do estado, desde março de 2020 foram 63.613 infectados com o coronavírus no município. Desse total, 671 morreram. A cidade também é a terceira mais populosa do estado.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

Estufa de maconha para vendas online é localizada em SC

Operação foi deflagrada pela Polícia Federal em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul

Acusado de atropelar ciclista é indiciado por homicídio culposo, em Criciúma

Condutor da Volkswagen Amarok compareceu à DP após dois dias do atropelamento. Na época dos fatos, à polícia, o motorista disse não ter visto no que o carro colidiu e que também não havia ingerido álcool.

Policial lembra tensão durante mega-assalto em Criciúma: “Não tínhamos ideia do que era”

Um ano após o ataque que aterrorizou a cidade no Sul do Estado, investigações seguem em sigilo

Menina de 3 anos morre atropelada por caminhonete em SC

Segundo os bombeiros, quando chegaram no local a criança estava morta no colo da mãe