Saúde

Vereadores de Criciúma participam de reunião na Amrec para tratar de vacina contra o coronavírus

Encontro contou com a participação do consultor em Saúde da Fecam, do secretário de Saúde de Criciúma e de representantes da Amrec e do Cisamrec

Divulgação

O presidente da Câmara de Criciúma, Arleu da Silveira (PSDB), e os vereadores Daniel Antunes (PSL), Giovana Mondardo (PCdoB), Juarez de Jesus (PSD) e Nícola Martins (PSDB) participaram de uma reunião na manhã desta sexta-feira (8) na sede da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) para tratar da vacina contra o coronavírus, fabricada pelo Instituto Butantan. O encontro contou com a participação do consultor em Saúde da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) e representante do Butantan, Jaílson Lima, do secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande, que representou os secretários de saúde da região e de representantes da Amrec e do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Amrec (Cisamrec).

O intuito da reunião foi esclarecer o padrão e a importância de entender os índices de eficácia da vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, segundo o consultor de Saúde da Fecam. “É uma vacina extremamente confiável e de um padrão de segurança que efetivamente vai evitar mortes no Brasil. Aqui o consórcio da região se reuniu e estabeleceu um protocolo de acordo com o Butantan, porém, nesse momento temos que ter clareza da quantidade exata que se precisa. Essa reunião mostra a preocupação da associação e configura uma aproximação maior entre Butantan e região para se obter a vacina o mais rápido possível”, frisou Lima, que também é especialista em saúde pública.

Segundo o vice-coordenador da Comissão Intergestores de Saúde (CIR-Carbonifera) e secretário Municipal de Saúde de Criciúma, será seguida a estratégia regional para a compra da vacina. “A presença do Jaílson, representando o Butantan, foi importante, falando sobre as estratégias e quantitativos existentes e das possibilidades que os municípios da Amrec podem ter em adquirir a vacina”, destacou Casagrande.

O responsável pela pasta disse que ainda nesta sexta-feira um grupo de epidemiologia se reunirá e fará contato com o Ministério da Saúde e Governo do Estado para saber quando e quantas vacinas deverão vir para a região.

Divulgação

Representantes do Legislativo Criciumense no Butantan

Durante a visita nesta manhã na Amrec, Lima também convidou o presidente da Câmara para visitar o Instituto Butantan. Por já conhecer o local, Aleu repassou o convite e o legislativo criciumense encaminhará dois vereadores. Após reunião entre os membros da Casa presentes foi definido que Giovana Mondardo e Daniel Antunes representarão os demais colegas ainda neste mês em São Paulo, aguardando a oficialização do convite e a data oficial da visita.

“A gente precisa da vacina nesse momento. É a nossa saída para enfrentar o coronavírus. Vamos poder conhecer de perto como é esse ambiente de combate à Covid-19, que é necessário para salvar vidas, nosso ambiente democrático e o emprego das pessoas”, destacou a vereadora.

Antunes também ressaltou a importância dos representantes criciumenses na visita ao Instituto Butantan. “Estamos indo conhecer de perto essa vacina que tanto esperamos, para que possamos salvar vidas, não só no município de Criciúma, mas em toda Amrec, onde será feita a aquisição”.

Notícias Relacionadas

PM realiza apreensão de entorpecentes e apetrechos para confecção de drogas em residência de Criciúma

No imóvel, 28 gramas de maconha, 518 gramas de cocaína e uma prensa para transformar o entorpecente foram localizadas; uma mulher foi presa.

Material de pornografia infantil é apreendido em Imbituba

Na casa de um homem, de 46 anos, foram encontrados de dois discos rígidos e um celular, equipamento provavelmente utilizado nas condutas criminosas.

Residência é destruída por incêndio em Cocal do Sul

A residência, de aproximadamente 70 m², foi destruída e o trator, que estava ao lado do imóvel e encontrava-se parcialmente queimado, foi resguardado.

Com dívidas de R$ 30 mil, ONG Amigo Fiel solicita apoio em Forquilhinha

Mais de 1,3 mil animais já foram resgatados, tratados, castrados e encaminhados para adoção.