Saúde

Mutirão de catarata é iniciado no Hospital Regional de Araranguá

Foto: Leneza Della Krás/ ADR Araranguá

Pedro Tomé, 77 anos, morador de Araranguá, estava ansioso para receber a cirurgia de catarata no Hospital Regional. Ele foi um dos primeiros a realizar o procedimento, na manhã desta sexta-feira (23), por meio do mutirão viabilizado pela Secretaria de Estado da Saúde, através do Projeto Ver.

Assim como Pedro, outros 845 pacientes já cadastrados nas Secretarias municipais de Saúde serão beneficiados com a cirurgia no Hospital Regional de Araranguá, em ação que atenderá moradores da cidade sede da Amesc, Balneário Arroio do Silva e outros 17 municípios das regiões de Tubarão e Laguna.

A meta é zerar a fila de espera para o procedimento na região. Santino de Jesus, 64 anos, e a esposa, ambos de Balneário Arroio do Silva, também foram atendidos pelo mutirão. “Ficamos muito contentes quando soubemos que iríamos receber a cirurgia. Vamos sair os dois vendo a vida de outra forma”, comemora.

Foto: Leneza Della Krás/ ADR Araranguá

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, fez questão de acompanhar de perto o início do mutirão na manhã de sexta-feira. Acompanhado do secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional – ADR de Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt, da gerente Regional de Saúde, Patrícia Gomes Jones Paladini, e da equipe do hospital, Acélio Casagrande comemorou o início do projeto.

“Este é mais um projeto da regionalização da saúde, onde estamos trabalhando as demandas de cada macrorregião. Aqui, mais de 800 pacientes receberão cirurgia, além de um kit com óculos e colírio e poderão enxergar novamente. Queremos que o hospital seja referência para todo o Sul do Estado”, disse.

Casagrande ainda comemorou os números positivos de atendimentos no HRA. “Em menos de dois meses, foram cerca de 18 mil atendimentos, entre ambulatório, pronto atendimento e cirurgias”, disse, destacando que a saúde é uma prioridade do Governo do Estado.

Foto: Leneza Della Krás/ ADR Araranguá

As cirurgias de catarata no Hospital Regional de Araranguá, por meio do mutirão, iniciaram nesta sexta-feira, 23, e seguem até o mês de abril. A média é de 35 atendimentos por dia, totalizando quase 850 atendimentos de pacientes do Extremo-Sul e das regiões de Tubarão e Laguna.

Nos dias 8, 9, 10 e 11 de maio, o mutirão também ocorrerá no Hospital de Praia Grande. Serão atendidos outros 223 pacientes que estão na lista de espera, cadastrados nas Secretarias municipais de Saúde de 13 cidades do Extremo-Sul, entre elas Balneário Gaivota, Ermo, Jacinto Machado, Maracajá, Meleiro, Morro Grande, Passo de Torres, Praia Grande, Santa Rosa do Sul, São João do Sul, Sombrio, Timbé do Sul e Turvo.

Colaboração: Leneza Della Krás / Comunicação ADR de Araranguá

Notícias Relacionadas

Comissão aprova nome de José Nei Ascari ao TCE

Capotamento resulta em uma morte e deixa três feridos na SC-447, em Meleiro

“Caminhos do Mar”: rodovia que liga praias do Sul inicia neste ano

Com novo nome, SC-100 deve tomar forma. Lote 1 será entre Passo de Torres e Balneário Gaivota.

Prefeituras de SC contam com linha de crédito para adaptar frotas ao GNV