Segurança

Acusado de matar esposa é indiciado por feminicídio em Imbituba

O casal tinha histórico de depressão desde a perda do filho, assassinado em Palhoça há alguns anos.

Foto: Divulgação

O homem de 64 anos, acusado de matar a esposa a facadas e depois atentar contra sua própria vida, foi indiciado por homicídio duplamente qualificado. O crime aconteceu em Imbituba, no dia 19 de agosto. O inquérito policial foi concluído e entregue ao Ministério Público (MP).
O crime que chocou a cidade aconteceu durante a madrugada. Elza Silveira Martins, de 61 anos, foi morta a facadas pelo marido, e encontrada sem vida na própria cama do casal. Depois do crime, o acusado tentou tirar a própria vida golpeando-se no pescoço com a mesma arma. A ação criminosa foi registrada na residência do casal, no bairro Vila Nova, em Imbituba.

Com um corte profundo no pescoço, o acusado passou por cirurgia e seguia hospitalizado. Por conta do estado de saúde, o homem prestou depoimento dois meses após o crime. O crime foi investigado pelo delegado Juliano Baesso. Após a finalização do inquérito, o delegado apontou para o indiciamento do acusado por feminicídio.

No interrogatório, o acusado confessou o crime. O casal tinha histórico de depressão desde a perda do filho, assassinado em Palhoça há alguns anos.

No dia dos fatos, o Corpo de Bombeiros foi chamado para prestar socorro, mas Elza já estava sem os sinais vitais. Já o marido da vítima apresentava um profundo ferimento na região do pescoço. O inquérito policial concluído será enviado ao Poder Judiciário.

Com informação do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Homem é assassinado e duas mulheres feitas de refém em Gravatal

Ocorrência foi registrada por volta das 11h20 pela Polícia Militar. Dois suspeitos foram presos.

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Tribunal de Justiça nega liberdade para homem acusado de usar até boneca vodu para aterrorizar sua ex

O homem desrespeitou as medidas protetivas concedidas anteriormente em favor da ex-companheira

Filha de vítima de latrocínio será indenizada em R$ 300 mil pelo autor do crime em Santa Rosa do Sul

O crime ocorreu em março de 2013, na cidade de Santa Rosa do Sul, e o acusado foi condenado a 20 anos de reclusão em regime fechado.