Geral

Administrador Judicial da Cerbranorte emite nota oficial sobre trabalhos

Cristiano Orlandi destacou que a Cooperativa tem uma equipe sólida

Foto: Divulgação

A Cerbranorte, representada pelo administrador judicial Cristiano Orlandi, informa que, a partir do primeiro dia do mês de abril de 2019, o objetivo da equipe da Administração Judicial foi aprofundar o conhecimento do funcionamento dos setores e os trabalhos realizados na empresa de forma integral, para que fossem tomadas as decisões cabíveis à continuidade das atividades normais em atendimento aos melhores interesses da cooperativa e seus consumidores/cooperados.

Desde então, a equipe de Administração vem trabalhando, junto aos colaboradores da Cerbranorte, na execução de estratégias que somem a eficiência e a produtividade, à redução de custos e otimização dos recursos em todos os setores.

Durante este período, verificou-se que a Cerbranorte possui uma equipe sólida para exercer as funções necessárias ao desenvolvimento da empresa e ao atendimento dos consumidores. Além disso, a Cerbranorte manterá todas as suas responsabilidades como distribuidora e geradora, sem deixar de lado sua contribuição social.

Notícias Relacionadas

AMREC emite nota em apoio aos prefeitos Murialdo Canto Gastaldon e Valdir Fontanella

Nota foi divulgada após a Associação Catarinense do Ministério Público prestar apoio ao Promotor de Justiça Fernando Rodrigues de Menezes Júnior, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Içara.

Prefeitura de Treviso emite nota esclarecendo as denúncias de possíveis fraudes em processo licitatório

A denúncia contra o prefeito e o secretário de Esporte foi feita pelo assessor parlamentar do Legislativo, Dalto Venâncio nesta terça-feira (24)

Cerbranorte lança projeto “Energia Positiva” com apoio de voluntárias

Primeira ação do projeto será uma palestra sobre o tema “Depressão: baixa autoestima”, nesta terça-feira (19), na Afuc.

Samae emite nota sobre falta do abastecimento de água em Orleans

O abastecimento de água em Orleans está comprometido por causa de um vazamento em um dos trevos de entrada da cidade.