Saúde

Alto número de faltas em consultas e exames prejudica pacientes da saúde de Siderópolis

As ausências comprometem a capacidade de marcação de consultas de uma Unidade Básica de Saúde.

Foto: Divulgação/ Governo de Siderópolis

O município de Siderópolis vem apresentando alto índice de ausência nas consultas e procedimentos da Rede Pública Municipal, aumentando filas e dificultando acesso aos outros usuários do sistema de saúde.

“Quando um paciente não comparece a uma consulta ou um exame agendado, sem justificar sua ausência, outros usuários do sistema de saúde são prejudicados”, afirmou a secretária de Saúde, Glaucia Cesa Périco.

Ainda de acordo com a secretária, as ausências comprometem a capacidade de marcação de consultas de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), dificulta o acesso de outros usuários ao sistema e aumenta o prazo de espera de outros pacientes para uma determinada consulta, entre outros prejuízos.

“Pedimos a compreensão da população para que não faltem às consultas e exames agendados, mas, caso precisem faltar, que avisem a sua unidade ou o local onde fizeram o agendamento, para que outras pessoas possam ser atendidas e, assim, vamos diminuir o tempo de espera para outros pacientes que também estão precisando desses atendimentos ou exames”, destacou o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão.

Divulgação/Governo de Siderópolis

Notícias Relacionadas

Centro de Convivência: Siderópolis terá novo espaço para receber crianças, jovens, adultos e idosos

O local receberá grupos que integram o serviço de convivência, que totalizam 326 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos.

Estado libera recursos para pavimentação da última etapa de acesso à Barragem do Rio São Bento, em Siderópolis

Para o prefeito Cesa, foram muitos anos de espera por essas duas obras no município.

Justiça confirma resultado de licitação que gerou economia de R$ 12 milhões pela Saúde do Estado

A licitação foi realizada pela Secretaria da Saúde para fornecimento de ventilação domiciliar e tratamento de oxigenoterapia a pacientes catarinenses.

Siderópolis assina na Agroponte Lei que institui o Vale Feira para servidores públicos municipais

Com investimento anual de R$ 120 mil, medida deve impulsionar ainda mais a Agricultura Familiar municipal