Geral

Centro de Convivência: Siderópolis terá novo espaço para receber crianças, jovens, adultos e idosos

O local receberá grupos que integram o serviço de convivência, que totalizam 326 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos.

Divulgação

O Governo de Siderópolis tem trabalhado dia a dia para levar às pessoas cada vez mais qualidade de vida. A Assistência Social é um dos setores que realizam esses trabalhos. Para dar ainda mais auxílio e contribuir com os serviços de fortalecimento de vínculos, em breve, será construído um Centro de Convivência, bem ao lado do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no centro de Siderópolis.

A obra, que terá 173 metros quadrados, aguarda assinatura da Ordem de Serviço para início da construção. Os trabalhos serão feitos em parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania. O local receberá grupos que integram o serviço de convivência, que totalizam 326 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos.

“Estamos ansiosos pelo início das obras e mais ainda para entregar a população mais um trabalho que há anos estamos lutando para realizar”, destacou o prefeito, Hélio Cesa, o Alemão.

Notícias Relacionadas

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Mais de 5,7 mil crianças comparecem na 1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Criciúma

Número superou a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde. Segunda etapa inicia dia 18 de novembro, com foco em adultos de 20 a 29 anos

Lauro Müller terá central para tirar dúvidas quanto à movimentação do FGTS Saque Calamidade

Para o atendimento presencial é preciso seguir as normas de segurança e higiene frente a pandemia de Covid-19, com uso de máscara, distanciamento de (ao menos) 1,5 metro entre cada pessoa e uso de álcool em gel.

Jovens e mulheres terão prioridade na liberação de recursos dos Programas da Secretaria da Agricultura de SC

De acordo com o Censo Agropecuário de 2017, em Santa Catarina são quase 170 mil agricultoras e mais de 6,9 mil propriedades rurais administradas por jovens.