Saúde

Após liberar pacientes, administradores do hospital recebem ultimato do prefeito de Nova Veneza

Prefeito confirma situação difícil e ameaça cortar repasse do Município ao Hospital São Marcos.

Hospital São Marcos Nova Veneza

Foto: Divulgação

A crise bate à porta do Hospital São Marcos. “Liberaram pacientes ontem. Como está, não tem como continuar. A população e os trabalhadores do hospital estão descontentes”, confirma o prefeito de Nova Veneza.

“Desde o início do atual governo, tratei de problemas do hospital todos os dias. O povo está desassistido”, emenda Rogério Frigo (PSDB).

Uma reunião de cerca de três horas, ontem, tratou dos problemas administrativos do São Marcos entre o prefeito, as religiosas que respondem pelo São Marcos e o ISEV, com o qual há um contrato em vigor para gestão do hospital. “O ISEV tem prazo, dado pelas irmãs, até o dia 22 de março para regularizar suas operações. Se não conseguir, elas devem retomar o hospital”, informa Frigo.

A partir daí, o prefeito planeja propor a administração do São Marcos pelo município. “A decisão parte das religiosas, daí nós buscaríamos um novo parceiro para melhorar o atendimento”, comenta. Frigo reforça que o município está em dia com os repasses para o pronto atendimento. “Mas poderemos suspender esse repasse. Não adianta pagar e continuar assim. Estamos analisando se vamos pagar o mês de março”, adverte Frigo.

Alguns pacientes confirmaram, nas últimas horas, que foram liberados pelo São Marcos, e que os médicos e enfermeiros estariam orientados a não liberar mais internações.

Notícias Relacionadas

Inscrições para Bolsa de Estudos abertas em Nova Veneza

Os interessados devem procurar o Cive até o dia 28 de agosto, no Departamento da Juventude.

Caixa Econômica demite funcionários de agências do Sul após erro da Prefeitura de Nova Veneza

A administração municipal tentou homenagear a Caixa Econômica durante inauguração da Rua Coberta mas errou o nome do atual presidente

Nova Veneza preparada para a 14ª edição da Festa da Gastronomia Típica Italiana

Funcionários deflagram greve no Hospital São Marcos, em Nova Veneza

Atividades foram paralisadas às 7h; Dois pacientes continuam na unidade e deverão ser liberados.