Poderes Municipais

Após morte de estudante por meningite e suspeita de novos casos, aulas são suspensas em Imbituba

A medida foi tomada para evitar a aglomeração de pessoas em locais fechados.

Divulgação

O caso confirmado de Meningite Bacteriana, que vitimou a estudante da Rede Estadual de Ensino, Thaiane Gonçalves de Souza, de 12 anos, no último domingo (16), fez a Administração Municipal tomar uma medida de precaução na noite desta segunda-feira (17).

O Poder Executivo Municipal manteve suspensos os Jogos Estudantis de Imbituba (JEIMB) que estão sendo realizados na cidade. A medida foi tomada para evitar a aglomeração de pessoas em locais fechados.

Poucas horas depois, com o surgimento de novos casos “suspeitos” e não confirmados, o Prefeito Rosenvaldo da Silva Júnior decidiu, em comum acordo com a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (SEDUCE) e com a Secretaria de Saúde (SEMUSA), suspender as aulas em toda a Rede Municipal de Ensino.

“Com a nova suspeita que surgiu no Hospital São Camilo hoje (17), decidimos, por precaução, suspender as aulas em toda a Rede Municipal. Em conversa com a Gerência Estadual de Saúde, decidimos também suspender as aulas nas escolas estaduais do município. São medidas preventivas, pois a meningite é uma doença contagiosa pelo contato direto com as secreções. Não devemos entrar em pânico. O que precisamos fazer é tomar as devidas precauções e estamos tomando”, informou o prefeito Rosenvaldo da Silva Júnior.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Imbituba 

Notícias Relacionadas

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Por chineladas em criança de quatro anos, Tribunal de Justiça mantém condenação de padrasto em Criciúma

A criança possuía várias marcas pelo corpo, em regiões das pernas, costas e nádegas.