Segurança

Bandidos erram casa, mesmo assim rendem família e roubam carro, em Criciúma

De acordo com ocorrência da PM de Criciúma, criminosos estavam armados

Foto: Divulgação

Na noite desta sexta-feira, dia 15, bandidos armados invadiram uma residência localizada na rua Barão de Mauá, no bairro Recanto Verde, em Criciúma, por volta das 21h20min.

Quer receber as principais notícias da região? Clique aqui e entre no nosso grupo de WhatsApp e fique atualizado de forma rápida e confiável 

De acordo com registro da Polícia Militar dois criminosos invadiram uma residência pulando o muro rendendo a família e trancando no banheiro da casa. Segundo relato das vítimas os bandidos queriam levar o veículo Renault Duster que estava na garagem. Ainda de acordo com informações repassadas aos policiais que atenderam a ocorrência, os moradores ouviram os criminosos falar ao celular que haviam errado de residência. “Também ouviu um deles no celular com um terceiro e que os assaltantes relataram com mensagens de voz para outro “Bah casa errada, casa errada”, conforme relato da ocorrência.

Se mantenha informado em tempo real! Clique aqui e siga o Sul in Foco no Instagram. Informações e notícias sobre a região na palma da sua mão!

Além do carro também foi levado um aparelho celular iPhone, encontrado na localidade próxima a residência. O veículo não foi encontrado.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

2ª edição do Salão do Imóvel de Criciúma já tem data marcada, em Criciúma

Evento será realizado de 25 a 27 de maio e terá ainda mais facilidades nas condições de financiamento.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Prefeitura de Jacinto Machado vacina idosos contra a gripe em casa para evitar aglomerações nos postos

No total, são 2.200 pessoas acima de 60 anos, que serão imunizados.

Homem rouba carro e prende motorista dentro de casa em Criciúma

O suspeito foi preso logo depois pela polícia militar