Geral

Barroso pede a candidatos que sigam alertas para evitar covid-19

"Não queremos que as eleições sejam um foco de pico da doença”

Divulgação

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, reforçou o pedido para que candidatos, eleitores e membros dos Tribunais Regionais Eleitorais sigam todas as recomendações sanitárias a fim de evitar o contágio pelo novo coronavírus.

“Estamos pedindo a candidatos e à população [em geral] que sigam as recomendações sanitárias do Tribunal Superior Eleitoral, pois, seguindo-as, o risco de contaminação é mínimo. Não queremos que as eleições sejam um foco de pico da doença”, disse Barroso durante a sessão plenária da Corte, hoje (29).

Barroso afirmou que ligou para presidentes de Tribunais Regionais a fim de enfatizar a necessidade de cuidados durante a campanha eleitoral e no dia da eleição para a escolha dos futuros prefeitos e vereadores, marcada para o próximo dia 15.

“A boa notícia é que, confirmando a previsão dos médicos que prestaram consultoria ao TSE, o número de casos da covid-19 caiu expressivamente na quase totalidade dos estados brasileiros, mas o alerta importante é que a pandemia continua em curso e todos os cuidados devem ser mantidos pela população, pelos candidatos e eleitores”, comentou Barroso.

“Deve-se evitar aglomerações, só fazer as reuniões quando necessário e em ambientes abertos, guardando a distância social de ao menos 1 metro, se possível 2 metros. E sempre usando máscara”, acrescentou o ministro.

Até dia 28 de outubro, o país totalizava pouco mais de 5,4 milhões de casos confirmados do novo coronavírus, cujo primeiro caso, no Brasil, foi confirmado pelo Ministério da Saúde no fim de fevereiro deste ano. Desde então, 158.456 pessoas morreram em decorrência das complicações da doença. Entre a terça-feira (27) e ontem, o Ministério da Saúde confirmou 28.629 novos casos confirmados e 510 mortes.

Cuidados

A partir das recomendações da Organização Mundial da Saúde e de algumas das principais instituições sanitárias do Brasil, o TSE elaborou um plano de segurança para o período eleitoral. Há orientações para os eleitores, como o uso de máscara facial durante todo o tempo em que o candidato permanecer fora de casa – o ingresso na seção eleitoral só será permitido para quem estiver usando máscara.

O tribunal também recomenda que, sempre que possível, o eleitor vá sozinho ao seu local de votação. E que leve consigo uma caneta pessoal para assinar o caderno de votação e que higienizem as mãos com álcool gel antes e depois de digitar seu voto na urna eletrônica.

A principal mudança imposta pela crise sanitária, no entanto, será o fato de que as pessoas terão uma hora a mais para votar, pois as seções eleitorais abrirão às 7h, e não às 8h, como de costume. O encerramento às 17 horas foi mantido, mas das 7h às 10h votarão, preferencialmente, eleitores com mais de 60 anos.

Todas as seções eleitorais deverão estar abastecidas com álcool em gel, para que os eleitores e quem estiver trabalhando no dia da votação possam limpar suas mãos. Além disso, os mesários deverão verificar os documentos do eleitor à distância. Só em caso de dúvidas deverão solicitar à pessoa que, mantida uma distância segura, abaixe sua máscara. Os mesários receberão máscaras cirúrgicas para serem trocadas a cada quatro horas, protetores faciais (face shields) e frascos de álcool em gel individuais.

De acordo com o TSE, os equipamentos de proteção, produtos e serviços foram doados por empresas e instituições privadas de diversos setores, parceiras da Justiça Eleitoral na garantia da proteção de todos os envolvidos nas Eleições de 2020.

Notícias Relacionadas

Defesa Civil de SC alerta para risco de temporais com raios e ventania

Frente fria e massa de ar polar no Litoral Sul causam instabilidade no tempo

Operação Inverno reforça a segurança de turistas na Serra Catarinense

A Polícia Militar de Santa Catarina, em conjunto com demais órgãos do Governo do Estado e prefeituras, vai reforçar a segurança e a preservação da ordem e proteção da vida dos turistas que visitam a região serrana

Famílias de São Ludgero que necessitarem de ajuda devido ao frio podem contar com a Secretaria de Assistência Social e Habitação

A Secretaria de Assistência Social está localizada na rua Dona Gertrudes, nº 99 – sala 1, Margem Esquerda, em frente a rotatória de acesso a ponte Rosiney da Silva Walter

Política Estadual de Transição Energética Justa pretende, no Sul, incentivar a criação da indústria do novo carvão mineral em SC

Transformar o carvão em uma indústria sustentável de baixo carbono e explorar novos produtos e os subprodutos do mineral é o objetivo do plano