Reflexão

Bispo lança Campanha da Fraternidade e orienta fiéis para bem viverem a Quaresma

Fotos: Bibiana Pignatel / Comunicação Diocese de Criciúma

Teve início oficialmente, na noite desta quarta-feira de cinzas (15), a Campanha da Fraternidade na Diocese de Criciúma, com a missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach, na Catedral São José. A celebração eucarística com bênção e imposição das cinzas lotou a igreja, com a tradição dos fiéis de participar do momento que marca o início do tempo quaresmal.

Conforme Dom Jacinto, a CF, que neste ano tem por tema “Fraternidade e Superação da Violência” e lema “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,58) pretende despertar uma grande reflexão e a consciência sobre um dos problemas que mais aflige o Brasil. “Nossa sociedade tem uma cultura de violência muito triste e a Igreja no Brasil, todos nós, todas as nossas comunidades, todo o povo de Deus vamos mudar, vamos começar a refletir para que essa triste realidade seja transformada. É possível que ela seja transformada, se todos nós criarmos consciência de que nós vamos mudar este quadro para que, futuramente, não tenhamos mais esse recorde de mortes”, declarou o Bispo, ao se referir aos dados que elevam o país em número de mortes em comparação aos Estados Unidos e nações em guerra.

“A violência em Santa Catarina é um pouco menor do que no resto do Brasil. Criciúma e Laguna, no sul, são cidades onde a violência diminuiu”, acrescentou o epíscopo, que afirmou que se todos assumissem verdadeiramente o lema da CF a violência começaria a perder sua força.

Durante a homilia, Dom Jacinto recordou a violência por meio do suicídio, a violência no trânsito, a violência doméstica, a motivação pelas drogas e os homens que estão entre os grupos que mais matam, a maioria jovens, e que mais morrem, em grande parte adultos. O bispo disse que é missão das comunidades trabalhar e rezar estes temas para que possa haver mudança na sociedade.

“Onde estamos, podemos ser portadores da paz que vem de Cristo, que traz alegria e esperança aos corações e a nossa sociedade. A CF deste ano está preparando o tema que continuará a ser refletido no ano que vem, sobre a gestão pública”, informou.

Ao receberem as cinzas sobre a fronte, os fiéis foram orientados pelo epíscopo: “Essa conversão não é um dia só da Quaresma, é durante toda a nossa vida. Nós temos uma grande missão, que é sempre converter para Jesus Cristo. As coisas do mundo também têm força, então é uma luta diária e constante em nossa vida converter para os valores do Evangelho, para que a nossa vida possa crescer para Cristo, controlando as coisas que nos afastam dele. Que daqui a quarenta dias possamos celebrar aqui, de novo, a alegria do Cristo Ressuscitado, do Cristo que conseguiu crescer e que encontrou mais espaço na nossa vida, na nossa família e na sociedade”, declarou Dom Jacinto.

A assembleia foi convidada a viver o tempo quaresmal com as práticas do jejum, da penitência, da oração e da caridade. “Fazer jejum não só de carne; não cometer exageros e fazer propósitos; ser mais paciente em casa e tolerante no trânsito”, indicou o bispo, que revelou alguns de seus propósitos e jejuns durante este tempo, como exemplo para outros.

Colaboração: Bibiana Pignatel / Comunicação Diocese de Criciúma

  • IMG_9697
  • IMG_9698
  • IMG_9699
  • IMG_9713
  • IMG_9729
  • IMG_9739
  • IMG_9741
  • IMG_9749
  • IMG_9754
  • IMG_9759
  • IMG_9767
  • IMG_9770
  • IMG_9773
  • IMG_9775
  • IMG_9786
  • IMG_9792
  • IMG_9798
  • IMG_9800
  • IMG_9805
  • IMG_9809
  • IMG_9810
  • IMG_9815
  • IMG_9817
  • IMG_9822
  • IMG_9827
  • IMG_9830
  • IMG_9834
  • IMG_9835
  • IMG_9837
  • IMG_9845
  • IMG_9859

Notícias Relacionadas

Diocese de Criciúma promove lançamento da Campanha da Fraternidade

Bispo Dom João Francisco Salm fala sobre Campanha da Fraternidade 2017 na Câmara de Vereadores de Orleans

Fiéis recebem as cinzas e são motivados à ação pela Campanha da Fraternidade 2017

Padres da Diocese de Criciúma celebram Via Sacra durante encontro de espiritualidade