Geral

Bombeiros comemoram três anos sem mortes por afogamento durante Operação Veraneio

Em contrapartida, casos de queimaduras com águas-vivas passaram dos 15 mil nas praias de Garopaba, Imbituba, Jaguaruna e Laguna durante toda a Operação Veraneio.

Foto: Adriano Ghellere/ Sul In Foco

O Corpo de Bombeiros Militar de Tubarão apresentou nesta semana, o balanço da Operação Veraneio nas praias atendidas pelos guarda vidas militares e civis do 8º Batalhão. Na presença de jornalistas e comandantes de cada guarnição, o Comandante do 8°Batalhão de Bombeiros Militar, Tenente Coronel Marcos Aurélio Barcelos. apresentou os números, destacou dificuldades, carências e os desafios para a próxima temporada que já teve o seu planejamento iniciado. O encontro aconteceu na sede da Amurel, em Tubarão.

Foto: Adriano Ghellere/ Sul In Foco

“A operação foi bem atípica nesta temporada. Muito calor, água quente, muitas águas vivas e mar agitado que acabaram dificultando o trabalho dos nossos guarda-vidas. Tivemos que trabalhar mais preventivamente para evitar os afogamentos, tanto que atingimos 300 mil atividades preventivas nesta temporada. Finalizamos com grande sucesso a operação e sabíamos que os banhistas estavam bem protegidos”, destacou Barcelos.

Foram 95 dias de atuação dos 28 guarda vidas militares e 225 guarda vidas civis, ao longo de 143 quilômetros de extensão de praia, trabalhando por 95 dias, das 8h às 20h, espalhados em 48 postos nas 31 praias das cidades de Garopaba, Imbituba, Jaguaruna e Laguna.

Foram registradas duas mortes, mas por outros motivos e em áreas não guarnecidas pelos salva-vidas. O comandante do 8º Batalhão continuou apresentando os números e destacando algumas dificuldades. Entre elas, a busca por guarda-vidas civis em algumas regiões, como em Jaguaruna. “Mesmo com dinheiro disponível para o pagamento novos profissionais, houve desinteresse nestas praias”, destacou Barcelos.

Aumento de águas-vivas e jet skis

Foto: Adriano Ghellere/ Sul In Foco

De dezembro do ano passado a março deste ano, o Corpo de Bombeiros atendeu 15.438 casos de banhistas feridos por águas-vivas. O número chamou a atenção, mas também o de jet skis presentes no litoral, em especial nas praias de Jaguaruna. “De uma forma geral, os banhistas estão mais conscientes quanto aos perigos do mar. Além da água viva, outro fator que chamou a atenção, em especial no Balneário Esplanada, foi o grande número de jet skis. Aumentou muito e terá que haver uma fiscalização junto com a marinha dessas embarcações”, avaliou o coordenador dos guardas vidas civis nas praias de Jaguaruna, o Cabo Perrut.

“Temos que ter um trabalho mais eficaz junto às capitanias dos portos e fiscalizar as embarcações. Na maior parte não tivemos problemas. A maioria das pessoas respeita, mas alguns engraçadinhos incomodam. Com isso, nos motiva a acionar a capitania para fiscalizar essa embarcações”, ressaltou o comandante Barcelos.

Ponto cego

Mesmo com os números positivos apresentados na Operação Veraneio deste ano, a carência de guardas vidas nas praias de Jaguaruna preocupa o comando, em especial no trecho de praia entre o Campo Bom e a Barra do Torneiro, abrangendo diretamente o Balneário Esplanada. “Ano que vem, tentaremos ampliar a formação de guardas vidas civis para Jaguaruna. O número de formados não foi o adequado e tivemos que reajustar as escalas”, enfatizou Barcelos.

Iniciativa que deu certo

Foto: Adriano Ghellere/ Sul In Foco

A Praia da Esplanada é a única que não é guarnecida por guarda-vidas em função da falta de postos de salvamento. A procura deve partir da comunidade local. “No Campo Bom, temos cinco postos padrão que permite um trabalho eficiente. Através da associação de moradores, as estruturas foram todas construídas em alvenaria em menos de três anos. Basta nos procurar que orientamos como proceder e implementar o serviço na melhor forma possível”, destacou Barcelos

Recentemente, Garopaba conseguiu novos postos. Conforme o Tenente Hoffmann, com a ajuda da comunidade, novos postos foram construídos. “Todo ano tentávamos com a prefeitura a busca por novos postos e a manutenção deles. Junto com empresários locais, conseguimos recursos e material para que estes postos fossem construídos. Em torno de R$ 100 mil em materiais foram angariados com estas empresas e, consequentemente, resultou na construção de três novos postos, inclusive na Praia da Silveira”, destacou Hoffmann.

A Operação Veraneio na área que compreende o 8º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, se estenderá até o final de semana de Páscoa em oito praias. Em Laguna, os guarda vidas atuarão nas praias de Mar Grosso e Cardoso, em Imbituba nas praias da Vila, Barra da Ibiraquera e Rosa e, em Garopaba, nas praias do Ouvidor, Ferrugem e Central.

  • IMG_3744 (Copy)
  • IMG_3731 (Copy)
  • IMG_3727 (Copy)
  • IMG_3752 (Copy)
  • IMG_3748 (Copy)
  • IMG_3746 (Copy)
  • IMG_3762 (Copy)
  • IMG_3754 (Copy)
  • IMG_3761 (Copy)

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Câmera registra momento em que jovem colide moto contra árvore em Orleans; VEJA VÍDEO

Adolescente de 17 anos continua internado em estado grave.