Geral

Casas de apostas online espanholas têm gasto 30% maior em publicidade no primeiro semestre de 2021

As casas de jogatina virtual sabiam que o ministro avançaria na regulamentação da publicidade no setor a partir do final de 2020

Divulgação

Com o ano de 2021 finalizando, pode-se ver a progressão de alguns setores no decorrer dos meses, principalmente aqueles afetados de alguma maneira, seja pela pandemia ou até mesmo políticas públicas. E este foi o caso da indústria de apostas online na Espanha, que no primeiro semestre de 2021 gastou 30% a mais em publicidade apesar de algumas restrições impostas pelo Ministro espanhol do Consumo, Alberto Garzón.

As casas de jogatina virtual sabiam que o ministro avançaria na regulamentação da publicidade no setor a partir do final de 2020. E realmente, ele acrescentou a proibição de jogos de apostas online em determinados horários em um Decreto-Lei Real. Apesar disso – e talvez influenciada por isso -, a indústria aumentou o seu orçamento, investindo pesado na sua presença midiática.

Foi em novembro de 2020 que o Diário Oficial do Estado divulgou o novo Decreto Real, com um sistema rigoroso ao qual as empresas do setor deveriam aderir para ter a possibilidade de anunciar na televisão, rádio, redes sociais, mídia impressa, e até mesmo em plataformas audiovisuais como o YouTube. Uma das restrições em voga desde então são as horas limitadas de propaganda até as primeiras horas da manhã e a proibição de propagandas em camisas de futebol, como é bastante comum aqui no Brasil.

A prática em ambiente virtual é, no entanto, permitida tanto lá como aqui, onde podemos encontrar plataformas de jogatina do conforto de casa, aproveitando que apostasesportivas24.com oferece uma lista com as casas de apostas com odds mais altas para aumentar os ganhos. Quanto mais altas as odds, mais os apostadores vitoriosos recebem, e além desse benefício, a maioria dos sites mencionados pelo apostasesportivas24.com também presenteia novos palpiteiros com bônus de boas-vindas, o que aumenta exponencialmente as chances de vitória apostando pouco.

A publicidade continua

Apesar de tantas inibições, que já vinham se esgueirando desde que o governo espanhol de coalizão foi formado no começo de 2020, as companhias não pararam os investimentos em marketing – muito pelo contrário. Segundo dados fornecidos pelo Cejuego, as plataformas que atuam na Espanha investiram 356 milhões de euros em patrocínios, anúncios, e campanhas de bônus e afiliados até junho de 2021. Em 2020, os gastos em marketing, seja através de patrocínio ou publicidade, bateram todos os recordes, totalizando 228 milhões de euros.

Ou seja, quando comparado ao ano passado, houve um aumento de 32% do dinheiro gasto no primeiro semestre deste ano. Este crescimento impressionante se deve à popularidade que o jogo online ganhou com o isolamento social. Por exemplo, em 2020, todos os tipos de apostas caíram, exceto sua versão digital, que viu um crescimento de 107 milhões de euros.

Casas de apostas em Iowa quebram recorde

Enquanto isso, mais um estado norte-americano quebra recordes no setor de apostas esportivas. No mês de novembro, foram dados quase 290 milhões de dólares em palpites no estado de Iowa: mais precisamente US$ 287,2 milhões, valor 230% a mais do que os US$ 87,2 milhões gerados em novembro de 2020. Já em relação ao recorde de outubro, de US$ 280,9 milhões, a quantia dos palpites subiu em 2%.

O estado de Iowa já vinha registrando números bem expressivos em apostas esportivas no decorrer de 2021, culminando em um último trimestre bastante expressivo e neste recorde que vimos em novembro. Até agora, foram gerados US$ 1,8 bilhões em palpites, número que inclui os US$ 778,6 milhões dos últimos três meses. Em termos de receita, o valor está em US$ 101,1 milhões, incluindo o rendimento de US$ 32 milhões nos últimos três meses. Já o estado arrecadou US$ 7,8 milhões em impostos somente desse setor, o que inclui US$ 3,1 milhões do último trimestre.

Notícias Relacionadas

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.

Um ano de vacinação contra Covid-19 com início da imunização de crianças

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos é a forma que SC celebra data