Turismo

Comitiva Italiana visita a região da AMREC

Os italianos realizam roteiro em cidades da região retribuindo a visita feita pela comitiva brasileira em abril de 2022.

Foto: Antonio Rozeng

Uma comitiva de 13 italianos da região de Belluno, na Itália, visitaram, neste fim de semana os municípios da região. Na sexta-feira, 27, eles conheceram o Centro de Documentação Histórica Plínio Benício, o Museu ao Ar Livre Princesa Isabel (Malpi), e a estrutura que fica no Centro Universitário Barriga Verde (Unibave).

No sábado pela manhã, estiveram em Siderópolis, em cerimônia realizada na Piazza Nova Belluno, pelo Governo Municipal, Associação Bellunese Nel Mondo e Associação Cultural Amigos de Forno di Zoldo.

Entre as pessoas que compõem a comitiva estava a vice-prefeita de cidade de Sedico, Gioia Sacchet; vereador de Farra d’ Alpago, Fortunato Calvi; e o Presidente da União Nacional das Associações de Imigrantes e Emigrantes e Presidente da Associação Belluno Nel Mondo, Oscar de Bona.

O reitor do Unibave Guilherme Valente de Souza, lembra que os italianos estão retribuindo a visita feita pela comitiva brasileira em abril de 2022. “É muito positivo para estreitar as relações, criar novas possibilidades para nosso Museu e para o Unibave em busca de novos horizontes e da internacionalização de nossa instituição”, comentou o reitor.

Em Orleans, os visitantes ainda estiveram contato com o acervo presentes Centro de Documentação Histórica Plínio Benício, que fica na Casa de Pedra, e que guarda toda a documentação dos primeiros imigrantes italianos que habitavam a colônia Grão-Pará.

Foto: Antonio Rozeng

A vice-prefeita de Sedico, Gioia Sacchet, disse que está maravilhada com a região. Segunda ela a recepção dada a delegação é extraordinária. “Vir aqui é descobrir nossas raízes passadas e, sobretudo, dar também uma visão futura para nossos jovens, e com isso, pode surgir um intercâmbio cultural entre a Itália e o Brasil”, comentou Gioia.

Em Orleans, eles ainda estiveram na Prefeitura Municipal, onde foram recepcionados pelo prefeito em exercício Mario Coan e encerraram o passeio na cervejaria Big Jack.

Se mantenha informado em tempo real! Clique aqui e siga o Sul in Foco no Instagram. Informações e notícias sobre a região na palma da sua mão!

Visita ao Brasil

O presidente da União Nacional das Associações de Imigrantes e Emigrantes e presidente da Associação Belluno Nel Mondo, Oscar de Bona, explica que a delegação foi ao México, e depois ao Peru, antes de vir ao Brasil. Aqui estiveram em Garibaldi, Santa Tereza, Encantado, Antônio Prado, Nova Prata e Erechim no Rio Grande do Sul.

Em Santa Catarina já passaram por Pinhalzinho, Chapecó, Iomerê e Pinheiro Preto. Na sexta-feira estiveram em Orleans, Criciúma. No sábado em Siderópolis, depois para Pedras Grandes, depois na entrega do Título Honorário a Moacir Fontana em Urussanga.

No domingo pela manhã participaram da assinatura de um Gemellágio entre Soverzene na Itália e Cocal do Sul. Depois, seguiram para Florianópolis, onde no domingo a noite encontraremos com pessoas de Belluneses interessadas a forma o Círculo de Florianópolis.

Conforme Oscar de Bona, outra comitiva, com o prefeito da cidade italiana de Longarone, que estava em Gramado e Bento Gonçalves, participou em Urussanga, no sábado, pelos 30 anos da assinatura do Gemellágio entre Longarone e Urussanga.

Todos irão se encontrar com o prefeito de Soverzene, que chegou de São Paulo, para no domingo pela manhã participar assinado o Pacto de Amizade com Cocal do Sul. Ao todo no domingo, somado as comitivas que estiveram em Orleans na sexta-feira, o grupo do prefeito de Longarone, e o grupo do prefeito de Soverzene, estiveram em Cocal do Sul entre 40 e 45 pessoas da Itália.

Segundo Oscar, com essas visitas surgirá ideias de cooperação. “Não irei prometer agora, porque teremos que estudar e preparar bem as colaborações”, comentou. Segundo ele, uma das ideia é a troca de conhecimento com o Museu ao Ar Livre, com os Museus de Belluno. Algo que seja interativo e multimídia. “É uma coisa que poderemos dizer que já está feita. Será só uma questão das fundações Unibave e do Museu Belluno, de como fazer essa cooperação”, informou o presidente da União Nacional das Associações de Imigrantes e Emigrantes, que incentivou a criação um Círculo de Bellunese em Orleans.

Em Siderópolis

Em Siderópolis uma cerimônia simples foi organizada na Piazza Nova Beluno na manhã de sábado. Para o assessor de Cultura e Turismo de Siderópolis, Arisson Fabricio Nunes, é muito importante o resgate do pacto de amizade com a região de Beluno. Ele lembra que uma nova comitiva vai estar na cidade em dezembro para em ocasião do gemelágio com o Val di Zoldo, e futuramente será renovado o pacto com o Beluno.

O prefeito Franqui Salvaro comenta que esse movimento de receber e visitar é importante para sempre estreitar e fortalecer os laços dos povos das cidades irmãs. “É importante o fortalecimento da cultura, para fortalecimento da história e acredito que é isso que fizemos e vamos continuar fazendo”, comentou o prefeito.

Foto: Antonio Rozeng

Se mantenha informado em tempo real! Clique aqui e siga o Sul in Foco no Instagram. Informações e notícias sobre a região na palma da sua mão!

Notícias Relacionadas

Momento preocupante nas regiões da Amrec e da Amurel por causa da forte chuva

Defesa Civil, Bombeiros e Polícia Militar atuam no socorro em várias cidades da região

Projeto Ver retorna ao Sul do Estado com 990 cirurgias de catarata

Nesta quarta-feira (14), iniciam as cirurgias de catarata para 207 pacientes da Amrec, em Nova Veneza, e da Amurel, em Braço do Norte.

Prefeitos e vereadores do Sul se posicionam contra praças de pedágio na BR-101

O empreendimento prevê investimentos de R$ 6,5 bilhões, sendo R$ 2,9 bilhões em investimentos e R$ 3,6 bilhões em custos operacionais nos 30 anos de concessão.

Empresário de Criciúma é preso ao trazer mercadorias da Itália sem pagar impostos