Poder Executivo

Defesa Civil de Criciúma registra alagamentos e deslizamentos de terra

Órgão atendeu aproximadamente 16 ocorrências nas últimas horas.

 

Defesa Civil de Criciúma registra alagamentos e deslizamentos de terra

Fotos: Divulgação/Decom

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil – Compdec de Criciúma está em alerta por conta do excesso de chuva. Somente nesta quinta-feira (1°), aproximadamente 16 ocorrências, incluindo alagamentos e deslizamentos de terra, foram registradas no município.

Durante a manhã, um deslizamento de terra atingiu parte de uma residência no bairro Santa Catarina e mobilizou os agentes da Defesa Civil. “É importante que os moradores acionem a Defesa Civil pelo 199 ao perceberem qualquer eventualidade, como movimento de terra. Retiramos os moradores do local por questões de segurança”, comenta o coordenador da Compdec de Criciúma, Valdonir Goulart Candido.

Defesa Civil de Criciúma registra alagamentos e deslizamentos de terra2

Fotos: Divulgação/Decom

Conforme o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina – Ciram, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina – Epagri, nas últimas 72 horas, o volume de chuva em Criciúma chegou a 91,40 milímetros.

“A Defesa Civil permanece em alerta. Por prevenção, retiramos alguns troncos do Rio Sangão, na divisa de Criciúma e Forquilhinha, para que não contivesse o fluxo da água no local. Os rios estão no limite e continuamos monitorando a situação e atendendo aos chamados”, explica o coordenador da Compdec de Criciúma.

No bairro Jardim Montevidéu, parte de um imóvel não utilizado pelos proprietários desabou. Segundo Candido, o local não foi interditado, mas profissionais removeram a fiação da residência para garantir a segurança dos moradores. “A previsão indica que a chuva vai dar trégua, mas continuamos atentos e preparados para garantir a segurança dos moradores”, ressalta.

A Compdec de Criciúma também atendeu uma ocorrência de deslizamento de terra no bairro Colonial.

Recomendações da Defesa Civil

Em casos de alagamentos, a Defesa Civil recomenda que a comunidade evite o contato com a água e não conduza veículos em trechos alagados, além de não transitar em pontilhões e pontes submersas. Os moradores também devem observar qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes.

Telefones úteis em caso de emergência:

Defesa Civil de Criciúma: 199 ou (48) 99164-5298
Corpo de Bombeiros Militar: 193
Polícia Militar: 190

Colaboração: Maria Luiza do Nascimento / Comunicação Prefeitura de Criciúma

Notícias Relacionadas

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Momento preocupante nas regiões da Amrec e da Amurel por causa da forte chuva

Defesa Civil, Bombeiros e Polícia Militar atuam no socorro em várias cidades da região

Reunião com a Defesa Civil municipal debateu estratégias para o frio intenso em São Joaquim

A Defesa Civil alerta que a onda de frio intenso pode causar prejuízos na agricultura, congelamento de canos e rodovias, por isso um cuidado especial muita atenção nessas áreas.

Sábado deve ter sol em todas as regiões de SC, mas chance de chuva no litoral

As temperaturas devem ser as esperadas para o verão, mas sem aquecimento acentuado.