Geral

Desconto nos salários: prefeito, vice e secretários de Braço do Norte cumprem doação de 20%

Ao todo foram depositados R$ 6.594,30 na conta do Fundo da Secretaria Municipal de Saúde e R$ 6.594,30 na conta do Fundo Municipal de Assistência Social, totalizando R$ 13.188,60.

Divulgação

Cumprindo com o que foi acordado, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais de Braço do Norte tiveram descontados 20% de seus salários referentes ao mês de abril, que serão revertidos em ações diretas de prevenção da Covid-19.

Os valores servirão para a aquisição de máscaras produzidas em Braço do Norte, compra de alimentos e produtos orgânicos de produtores rurais do Município e testes rápidos para o Centro de Triagem.

Conforme o prefeito, Beto Kuerten Marcelino, a doação foi espontânea. “Não poderíamos fazer diferente neste momento e, como prometido, honramos nossa palavra. Com esta demonstração de boa vontade, esperamos amenizar, ao menos um pouco, os impactos desta pandemia que atingiu o mundo todo”, completou.

Ao todo foram depositados R$ 6.594,30 na conta do Fundo da Secretaria Municipal de Saúde e R$ 6.594,30 na conta do Fundo Municipal de Assistência Social, totalizando R$ 13.188,60. A medida é válida para dois meses e não houve inclusão da Secretaria Municipal de Saúde.

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Interessados em oferecer serviços de transportes com plataformas digitais têm 30 dias para se regularizar em Braço do Norte

Após 30 dias, aqueles que estiverem exercendo o transporte remunerado de passageiros e não estiverem regularizados estarão sujeitos às medidas estabelecidas na Lei Complementar 487/2019.