Saúde

Dezembro Vermelho: campanha de luta conta a Aids é lançada em Orleans

Dezembro Vermelho: campanha de luta conta a Aids é lançada em Orleans

Foto: Ketully Beltrame / Sul in Foco

A secretária de Saúde de Orleans, Luana Debiasi, e a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Alana Patricio Stols Cruzeta, estiveram presentes na sessão ordinária da Câmara de Vereadores, nessa segunda-feira (4), para lançar a campanha Dezembro Vermelho.

De acordo com a lei que institui a campanha nacional de prevenção, o objetivo é a prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com HIV/Aids. Para isso, é constituído um conjunto de atividades e mobilizações relacionadas ao enfrentamento da doença.

Neste mês, será intensificada a conscientização da população por meio dos materiais informativos. Além disso, no dia 7, será realizado o Dia D em parceria com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família – Nasf e o Centro Universitário Barriga Verde – Unibave. À noite, será feita panfletagem no Unibave e serão ofertados testes rápidos gratuitos aos universitários.

No dia seguinte, uma palestra será ministrada por um médico infectologista, voltada aos médicos e enfermeiros da pasta. O objetivo é que haja um aprimoramento em relação ao diagnóstico e o tratamento do HIV. Além disso, durante todo o mês de dezembro, as Unidades de Saúde de Orleans irão ofertar testes rápidos sem agendamento. Basta chegar aos locais e realizar. O resultado sai em apenas 15 minutos tem 99% de sensibilidade e especificidade. Ou seja, 99% de chance de o resultado estar correto.

Dezembro Vermelho: campanha de luta conta a Aids é lançada em Orleans

Foto: Ketully Beltrame / Sul in Foco

Números em Orleans preocupam

Segundo Alana, os números mostram uma grande incidência e alta proliferação do vírus HIV entre os jovens. De 19 a 30 anos, há 13 pessoas vivendo com o HIV em Orleans. Entre eles, uma gestante. De 31 a 40 anos, 26 pessoas. Destas, 15 são mulheres. De 41 a 50 anos, 31 pessoas. De 51 a 70 anos, 28 pessoas. Destas, 17 mulheres. Mais de 71 anos, uma pessoa.

Ao total, é feito o acompanhamento de 110 pacientes, além dos de Lauro Müller, que realizam assistência em Orleans. Há ainda três pacientes que têm conhecimento do diagnóstico, mas recusam o tratamento. Desde 2014, data em que o programa se instalou em Orleans, 13 pessoas já morreram por Aids ou por causas relacionadas à Aids.

“É um número que ainda nos preocupa, ainda temos casos de abandono e precisamos mudar as estratégias. Por isso, trazemos estes dados para a Câmara de Vereadores, para que nos ajudem nesta campanha e que nos auxiliem a divulgar e a quebrar o tabu de falar sobre HIV, de sexo e de preservativos feminino e masculino”, afirmou Alana.

Conforme a enfermeira, o que mais chama atenção são os casos em universitários. “A maioria dos casos em que tivemos diagnóstico são jovens, como mostra todo o perfil também do Brasil e da América Latina. O que nos deixa preocupado é que essas pessoas têm acesso à informação, conhecem o preservativo e sabem do risco de uma infecção sexualmente transmissível e de uma gravidez indesejada e, mesmo assim, continuam se expondo”, afirmou.

Segundo ela, por este motivo, estamos sendo revistas as estratégias para atingir esse público. “Devemos nos questionar que informação, que diálogo e quais instrumentos estamos ofertando para essa juventude para que consiga realmente se sentir parte do processo. Eu não tenho esta resposta, se tivesse, pode estar mudando este cenário, mas, por isso, as estratégias são voltadas para atingir este público, ao invés de esperar que eles procurem a Secretaria de Saúde”, destacou ela.

Acompanhe a sessão ordinária na íntegra através do vídeo abaixo:

Notícias Relacionadas

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans

Prefeitura de Orleans lança Limpa Fila e deve fazer mais de 3 mil procedimentos até dezembro

Programa foi lançado pelo secretário de Saúde de Orleans, Fernando de Fáveri nesta quarta-feira (30). Programa deve acelerar consultas, exames e pequenas cirurgias no município.

Campanha “Compre de Orleans” será lançada neste sábado na Praça Celso Ramos

Programação da Semana Mundial do Meio Ambiente convida à reflexão, em Orleans