Geral

Em Gravatal: PM é acionada para ocorrência de aglomeração de pessoas e apreende várias armas

Quando as guarnições chegaram ao local, algumas pessoas tentaram fugir. Um homem foi detido.

Divulgação

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência na localidade de Caeté, em Gravatal, referente à aglomeração de pessoas, o que desrespeita os decretos relacionados à pandemia do Covid 19. O Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) de Braço do Norte com as guarnições da cidade e de Gravatal foram ao local ontem (8) à tarde para averiguar a possível festa.

Ao chegaram no bairro, dez homens e três mulheres foram abordados. Alguns tentaram fugir pelos fundos das residências, mas não conseguiram.

Em busca pessoal nada de irregular foi encontrado. No terreno havia duas casas, onde moram a maioria dos envolvidos.

Uma varredura foi realizada e na entrada de um quarto, nos fundos de uma residência, havia duas armadilhas usadas para a caça.

A janela estava aberta e também foi possível visualizar algumas armas. Foram apreendidas uma espingarda calibre 36, uma carabina de pressão modificada para arma de fogo calibre .22, uma espingarda de fabricação artesanal calibre .32 e três carabinas de pressão.

Entre os abordados pelos policiais, um homem de 34 anos foi identificado como o proprietário das armas. Ele foi conduzido à Central de Plantão de Polícia Civil.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Suspeito de furto sobrevive ao cair de telhado de empresa em Tubarão

Vítima foi encontrada pelo proprietário da empresa. Segundo informações, indivíduo estava com hálito alcoólico.

Coronavírus em SC: Polícia Militar ultrapassa 100 mil fiscalizações no trabalho de combate à Covid-19

1.701 estabelecimentos foram notificados e 76 foram interditados.

Empresa tem malote levado por assaltante em Sangão

A funcionária disse à polícia que foi abordada pelo homem quando chegava no estabelecimento com um furgão.