Trânsito

Empresários solicitam ao Estado conclusão de obras na SC-442

Assunto foi discutido com o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, durante encontro na Acic na tarde desta terça-feira.

Divulgação

A pavimentação asfáltica da rodovia SC-442, no trecho que liga Cocal do Sul ao distrito de Estação Cocal, em Morro da Fumaça, já teve os serviços realizados em cerca de 7,5 quilômetros de extensão, segmento viabilizado a partir da parceria entre o grupo Eliane e o Governo do Estado. Entretanto, as “cabeceiras” da obra, trechos inicial e final, ainda aguardam uma decisão do Executivo estadual. Por isso, a reivindicação foi reforçada junto ao secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, durante encontro na Associação Empresarial de Criciúma (Acic) na tarde desta terça-feira (29).

O projeto de pavimentação deixou de fora em torno de 800 metros na parte de Cocal do Sul e em torno de 2,5 quilômetros em Morro da Fumaça, obrigando os caminhões que escoam a produção cerâmica a percorrer um caminho alternativo, mais longo, encarecendo o frete.

Segundo estimativa da classe empresarial, cerca de 2 mil veículos de carga passam pelo trecho por mês, a maioria indo ou vindo da BR-101. Assim, a obra beneficiaria tanto Cocal do Sul e Morro da Fumaça quanto a região, ao canalizar o tráfego e diminuir os impactos sobre outros sistemas viários. “É um pleito que o governador Carlos Moisés já conhece”, reforçou o presidente da Acic, Moacir Dagostin.

A estimativa dos empresários é de que seriam necessários entre R$ 7 milhões a R$ 8 milhões, mas a equipe da secretaria de Infraestrutura calcula um valor entre R$ 10 milhões e R$ 12 milhões, porque envolveria desapropriações. Também há uma área de domínio da Ferrovia Tereza Cristina (FTC). Mas o primeiro passo, segundo o secretário, é incluir o trecho no plano rodoviário estadual, para tornar legal a intervenção do Estado.

“Estamos investindo, gerando empregos, projetando ampliações, e seria interessante que tivéssemos melhorias na infraestrutura”, defendeu o presidente da Eliane Revestimentos Cerâmicos, Edson Gaidzinski Junior.

Colaboração: Comunicação Acic

Notícias Relacionadas

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Coronavírus em SC: Governo do Estado estabelece novas medidas para o transporte aquaviário e comércio de refeições nas rodovias

A comercialização de refeições pode ser feita por restaurantes localizados às margens das estradas e oferecida exclusivamente para profissionais de serviços considerados essenciais pelo Governo do Estado, incluindo nesta categoria os transportadores de carga responsáveis pelo abastecimento e transbordo de insumos da saúde.

Com investimento de R$ 3,9 milhões, Estado entrega unidades de assistência social em Armazém, Rio do Oeste, Lontras e Florianópolis

Cada uma das unidades conta com sala de atendimento familiar, administração, recepção, cozinha, banheiro, área de serviço, sala multiuso, área externa coberta e mobília.

Obras de recuperação da SC-390 começam nesta terça-feira

Assinatura da ordem de serviço, com a presença do Governador do Estado, Eduardo Pinho Moreira e o Secretário de Infraestrutura do Estado Paulo França, está prevista para acontecer na quarta (26), em Orleans.