Trânsito

Feriadão de Carnaval terá alterações nos horários dos ônibus de Criciúma

Saiba quais são as mudanças nos horários do transporte coletivo durante os próximos dias

Divulgação/ACTU

Chegou a hora de se programar para cair na folia. Por isso, fique de olho nos horários de ônibus para não perder o seu bloquinho de Carnaval. Isso porque, durante a próxima terça-feira (25), os ônibus do transporte coletivo de Criciúma atenderão em horário de domingos e feriados, voltando ao normal na quarta-feira (26). Na segunda-feira (24), os ônibus circularão nos horários padrão.

Para garantir a festa, os foliões podem utilizar o app Moovit no celular. “A dica é utilizar o Moovit para saber quais são os horários de ônibus durante o feriado e não perder a viagem”, comentou o analista financeiro da ACTU, Vilson Amaral. O Moovit oferece localização em tempo real dos ônibus, listagens das linhas e paradas de ônibus próximos da localidade escolhida e estimativa de tempo de viagem.

ACTU em recesso

O feriadão de Carnaval também vai alterar outros serviços relacionados ao transporte coletivo. Quem deseja realizar o recadastro do CriciúmaCard Estudante antes do Carnaval, deve comparecer à ACTU ainda nesta sexta-feira (21), pois o atendimento entrará em recesso durante o feriado, retornando na próxima quarta-feira (26), das 8h e 12h e das 13h30 às 18h, no túnel do Terminal Central. Com exceção do Carnaval, a ACTU atende de segunda a sexta-feira.

Cadastro e recadastro continuam

Até o momento, mais de 7,4 mil estudantes, de um total de 11 mil, já realizaram o recadastro do CriciúmaCard Estudante. “Já atendemos mais de 70% do total de estudantes, e acreditamos o restante compreendem os acadêmicos das faculdades, que voltam às aulas na próxima quarta-feira (26)”, estimou Amaral.

Com boa parte dos estudantes já recadastrados, a ACTU avalia que, as filas de espera para o recadastramento e cadastro de novos cartões CriciúmaCard Estudante diminuam aos poucos. “Ainda esperamos um alto movimento na próxima semana, quando os acadêmicos começam a vir para o recadastro, mas é uma diminuição significativa no tempo de espera”, colocou o analista administrativo da ACTU, Pedro Alexandre Padilha. “Estamos realizando o recadastro desde o dia 14 de janeiro, e o movimento seguiu baixo nas três primeiras semanas, com uma média de 100 atendimentos diários”, completou. Atualmente, a ACTU atende aproximadamente 500 estudantes por dia.

Para agilizar o tempo de atendimento, a recomendação é comparecer com os documentos necessários para o procedimento atualizados e em mãos. “O recadastro não exige mais do que um ou dois minutos de atendimento no guichê, e até quatro minutos para novos cadastros”, explicou Padilha. O tempo de atendimento pode dobrar caso o cliente não possua comprovante de residência atualizado, atestado de matrícula do ano de 2020 e o cartão do estudante em mãos, dificultando o procedimento e aumentando o tempo das filas.

Confira os documentos necessários para realizar o recadastramento:

– Cartão CriciúmaCard estudante;

– Atestado de matrícula referente ao ano letivo de 2020;

– Comprovante de residência atual, de um dos últimos três meses, serão aceitos: contas de luz, água e telefone fixo em nome próprio, ou dos pais ou responsável legal ou declaração do proprietário dos imóveis (pegar modelo na ACTU ou no site).

Para novos cadastros é necessário trazer também:

– Certidão de Nascimento ou carteira de identidade;

– CPF.

Menores de 18 anos devem ser acompanhados de pai, mãe ou representante legal.

Notícias Relacionadas

Mais de 5,7 mil crianças comparecem na 1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Criciúma

Número superou a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde. Segunda etapa inicia dia 18 de novembro, com foco em adultos de 20 a 29 anos

Rever: aplicativo que contribui para a coleta seletiva já tem grande demanda de usuários em Criciúma

Plataforma digital auxilia nas denúncias de irregularidades e solicitações para coletas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.