Geral

FGTS: consulta ao saque emergencial já está disponível; tire as principais dúvidas

Trabalhador terá até R$ 1.045,00 para usar, crédito será em conta digital a partir de 29 de junho e saques só a partir de 25 de julho.

Divulgação

A Caixa Econômica Federal libera, nesta segunda-feira (15), a consulta ao saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), de até R$ 1.045 por trabalhador, para quem tem conta ativa (do emprego atual) ou inativa (de empregos anteriores).

A liberação do dinheiro do fundo estava prevista na Medida Provisória nº 946 de 17 de abril, em uma tentativa de minimizar os efeitos da pandemia do coronavírus na vida financeira da população, mas o dinheiro só estará disponível para saque a partir de 25 de julho.

A partir de 29 de junho, a Caixa começa a liberar o crédito em uma conta poupança digital.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a medida deve beneficiar cerca de 60 milhões de trabalhadores. Estão previstos R$ 37,8 bilhões em saques.

Tire 13 dúvidas sobre o saque emergencial do FGTS:

1) Quem pode sacar?

Todos os trabalhadores que possuam contas ativas ou inativas do FGTS.

2) Qual o valor máximo do saque?

O valor liberado será de até R$1.045,00 para todos os trabalhadores, limitado ao saldo das contas. Esse valor independe do número de contas do FGTS que o trabalhador tenha.

3) O crédito será depositado na minha conta do banco?

Não. O crédito será feito automaticamente em uma conta poupança social digital da Caixa. Esta conta será aberta para todos os trabalhadores com direito ao Saque Emergencial, para movimentação via aplicativo Caixa Tem.

4) Como será feito o crédito do dinheiro?

O crédito será feito automaticamente em uma conta poupança social digital da Caixa. Esta conta será aberta para todos os trabalhadores com direito ao Saque Emergencial, para movimentação via aplicativo Caixa Tem.

Os valores começam a ser depositados nas contas digitais no dia 29 de junho para os trabalhadores nascidos em janeiro. O calendário será de acordo com o mês de nascimento.

Na primeira fase de pagamentos, que começa no dia 29 de junho, os valores ficam disponíveis apenas para crédito em conta digital. Já o calendário de saques e transferências começa quase um mês depois, em 25 de julho.

O calendário para crédito em conta é o seguinte:

Nascidos em janeiro: 29 de junho
Nascidos em fevereiro: 6 de julho
Nascidos em março: 13 de julho
Nascidos em abril: 20 de julho
Nascidos em maio: 27 de julho
Nascidos em junho: 3 de agosto
Nascidos em julho: 10 de agosto
Nascidos em agosto: 24 de agosto
Nascidos em setembro: 31 de agosto
Nascidos em outubro: 8 de setembro
Nascidos em novembro: 14 de setembro
Nascidos em dezembro: 21 de setembro

O calendário para saque e transferências é o seguinte:

Nascidos em janeiro: saque a partir de 25 de julho
Nascidos em fevereiro: 8 de agosto
Nascidos em março: 22 de agosto
Nascidos em abril: 5 de setembro
Nascidos em maio: 19 de setembro
Nascidos em junho: 3 de outubro
Nascidos em julho: 17 de outubro
Nascidos em agosto: 17 de outubro
Nascidos em setembro: 31 de outubro
Nascidos em outubro: 31 de outubro
Nascidos em novembro: 14 de novembro
Nascidos em dezembro: 14 de novembro

Com informações do site HC Notícias

Notícias Relacionadas

Governo Municipal divulga calendário para cadastramento relativo ao saque do FGTS dos atingidos pelas chuvas de maio

O atendimento será realizado a partir da próxima terça-feira (22), seguindo até sábado (26), no Centro de Múltiplo Uso, na rua Humberto Salvan, no bairro Esperança.

Lauro Müller terá central para tirar dúvidas quanto à movimentação do FGTS Saque Calamidade

Para o atendimento presencial é preciso seguir as normas de segurança e higiene frente a pandemia de Covid-19, com uso de máscara, distanciamento de (ao menos) 1,5 metro entre cada pessoa e uso de álcool em gel.

Receita abre hoje consulta a quarto lote de restituição do IR

Crédito bancário será feito no dia 31 de agosto

Caixa inicia nesta sexta pagamento de FGTS; saiba como sacar

A Caixa Econômica Federal vai iniciar o depósito automático para quem tem conta poupança no banco, seguindo calendário de mês de nascimento.