Saúde

Foco do mosquito da dengue é encontrado no bairro Argentina em Criciúma

Profissionais da Vigilância Epidemiológica do município irão intensificar as visitas nas residências ao redor do foco nesta sexta-feira (25)

Divulgação

Nesta quinta-feira (24), a Vigilância Epidemiológica de Criciúma identificou um foco do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, no bairro Argentina. A armadilha foi implantada no local pelo Programa de Combate à Dengue. Neste ano, este é o segundo foco encontrado na localidade, o primeiro caso ocorreu em fevereiro.

Conforme a médica veterinária do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Criciúma, Mayara Vieira Tizatto, os agentes do órgão municipal farão uma Delimitação de Foco (DF), que é traçado um perímetro de 300 metros em todas as direções, a partir do foco encontrado. “Vamos de casa em casa, com autorização dos proprietários, verificar os recipientes e, se tiver água parada, vamos orientá-los sobre o descarte correto ou a colocação em lugares adequados. Além disso, se encontrarmos larvas, elas serão trazidas para o laboratório para confirmar se são do mosquito da dengue”, explica.

Sétimo foco em 2019

Neste ano, já foram encontrados sete focos do mosquito da dengue em Criciúma. Com este caso, já são dois focos no bairro Argentina e mais cinco espalhados pelas localidades da Vila Maria, Ceará, Centro, Santa Catarina e Imigrantes.

Notícias Relacionadas

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Rever: aplicativo que contribui para a coleta seletiva já tem grande demanda de usuários em Criciúma

Plataforma digital auxilia nas denúncias de irregularidades e solicitações para coletas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.