Segurança

Forças militares de Santa Catarina e Rio Grande do Sul realizam Operação Divisa

Foram realizadas 10 prisões e 20 armas de fogo apreendidas, além de drogas, celulares, documentos e dinheiro.

Divulgação

Na manhã desta sexta-feira, 25, mais de 350 policiais militares participaram de uma operação conjunta entre Polícia Militar do Estado de Santa Catarina (PMSC) e a Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul. Foram realizadas 10 prisões e 20 armas de fogo apreendidas, além de drogas, celulares, documentos e dinheiro.

Os trabalhos tiveram investigações da Brigada Militar e PMSC, por meio de suas agências de inteligência, que reuniram ao longo de 10 meses informações que deram subsídio para os pedidos de busca, apreensão e mandados de prisões, com manifestação favorável do Ministério Público do Rio Grande do Sul e poderes judiciários locais.

Somente em Santa Catarina foram cumpridas quatro prisões, sendo três decorrentes de mandado de prisão e uma de flagrante delito. Além disso, oito armas de fogo foram apreendidas, duas carabinas de pressão, com aproximadamente 100 munições, drogas, R$3.950,00 em espécie, além de 31 telefones celulares, pen drives, câmera fotográfica, talões de cheques, agendas e demais documentos ligados a facção criminosa.

Também participaram da operação o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), Batalhão de Choque, Batalhão de Aviação da Polícia Militar (BAPM), Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), Polícia Ambiental e o Pelotão de Policiamento com Cães (K9).

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Entidades destacam que medidas no momento certo foram fundamentais para frear a pandemia em Santa Catarina

Entidades da iniciativa privada estão apoiando as medidas de distanciamento social implementadas pelo Governo de Santa Catarina e têm participado de constantes reuniões para tomadas de decisões do poder executivo.