Economia

Garopaba é o terceiro município catarinense a implantar o transporte coletivo gratuito

Foto: Divulgação/PMG

Já pensou em ter a possibilidade de andar de ônibus sem se preocupar com o valor da passagem? Essa é a nova realidade de Garopaba, terceiro município de Santa Catarina a implantar a tarifa zero para o transporte coletivo.

Com o subsídio da Prefeitura de Garopaba, o morador da cidade poderá usufruir do benefício a partir do dia 1º de março, com mais horários e itinerários à disposição. “O objetivo é melhorar a vida das pessoas, principalmente, a do trabalhador, ajudando na redução dos custos com transporte. O governo acredita ainda que a gratuidade pode fomentar o comércio local, já que as pessoas poderão circular mais. Isso também pode atrair novas empresas para a cidade. É uma inovação”, afirmou o prefeito de Garopaba, Junior Abreu. A oficialização da Tarifa Zero acontece na próxima terça-feira, 28, durante o evento de apresentação à comunidade e à imprensa.

Destaca-se que a implantação da gratuidade só foi possível por meio de um acordo entre a Prefeitura de Garopaba e a Expresso, empresa contratada para realizar o transporte coletivo urbano. “Após um longo processo judicial, entramos em um consenso. Fizemos o pagamento de R$ 1,5 milhão e, mensalmente, vamos fornecer R$300 mil de subsídio e a passagem sem cobrança no ônibus”, explica o procurador-geral de Garopaba, Henrique Telles.

Assim, a ideia é que ambas as partes realizem a análise da operacionalização da Tarifa Zero durante o mês de março, visto que haverá um aumento do número de linhas disponíveis. Ao todo são 9, que abrangem novas rotas em todos os bairros do município. Há também comunidades como a Serraria e o Morro do Fortunato. A exceção é para as regiões da Praia do Silveira e do Canto da Penha, que estão na fase de estudo de viabilidade e adesão.

Quer receber as principais notícias da região? Clique aqui e entre no nosso grupo de WhatsApp e fique atualizado de forma rápida e confiável 

Impacto

O primeiro e imediato benefício seria o aumento da circulação de usuários – moradores de Garopaba que, hoje, não costumam utilizar o transporte público porque estão limitados e não podem pagar. Assim, com a implantação da Tarifa Zero, as pessoas podem usufruir da gratuidade não só para trabalhar, como para ir em compromissos como consultas médicas, lazer, educação e outros, gerando também um aquecimento no comércio e na economia garopabense.

Outra possibilidade no setor econômico é que o empregador poderá investir em melhorias e outros benefícios para o empregado, o valor que era destinado ao vale transporte. Ainda é esperada a redução no uso dos automóveis pelo incentivo ao transporte público coletivo, reduzindo o trânsito e as emissões de gases poluentes na atmosfera.

 

Notícias Relacionadas

Mais de 120 vagas de emprego estão disponíveis nesta semana em Garopaba

2ª Festa da Pesca Artesanal da Tainha será promovida neste fim de semana em Garopaba

Garopaba divulga detalhes e programação com shows nacionais da 23ª Quermesse

Professores do Unibave passam por formação continuada com foco no planejamento e reflexão

O reitor do Unibave, Guilherme Valente de Souza, agradeceu os presentes