Geral

Governo do Estado deve tirar do papel novo acesso de Criciúma ao Balneário Rincão

Uma extensão de sete quilômetros à Via Rápida deve ser construída para permitir acesso rápido à principal praia do Sul do Estado.

Divulgação

O governador Carlos Moises confirmou agenda aos presidentes das Associações Empresariais de Criciúma e Içara, para esta terça-feira (6), em que receberá pedido para o Estado custear o projeto de execução do novo acesso Sul ao Balneário Rincão. Estarão do gabinete no centro administrativo Moacir Dagostin e Adriana Mara de Oliveira, respectivamente. Ambos representam a região. O projeto deve ser executado pela Unesc e vai custar pouco mais de R$ 500 mil.

Inaugurada em dezembro de 2017, a Via Rápida ligando a cidade de Criciúma à BR-101 tem trecho de 12,7 quilômetros com 17 viadutos, que custaram cerca de R$ 130 milhões, além de uma grande área de terra indenizada, o que custou pelo menos outros R$ 20 milhões. O investimento total, com mais de R$ 150 milhões é um dos maiores já feitos em infraestrutura, pelo Estado, na região Sul.

A extensão da Via Rápida ligará ao Balneário Rincão, na zona sul da praia mais frequentada pelos criciumenses e que vem se transformando numa espécie de segundo dormitório dos moradores da região dada a proximidade com que a praia ficou da cidade.

Segundo estudo preliminar, diferente do primeiro, o traçado a ser feito para estender a via terá pouca área indenizável e de custo bem inferior por se tratar de terra rural. Além disso o trecho será de pista simples, diferente do que já há, onde são quatro pistas.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Com aperfeiçoamento constante, Associação de Apicultores de Orleans é destaque em Santa Catarina

Governo do Estado amplia em quase 70% os investimentos e aplica R$ 18,8 milhões em conservação de rodovias em 2020

O repasse para conservação das SCs teve um salto de 69,4% no primeiro semestre de 2020, se comparado ao mesmo período do ano passado.

Plano Safra: Governo do Estado e setor produtivo unem esforços para incentivar acesso ao crédito rural

A intenção é incentivar ainda mais os pequenos agricultores e pescadores a acessar os recursos disponibilizados pelo Governo Federal, como forma de ampliar a competitividade do meio rural e pesqueiro de Santa Catarina e movimentar a economia local.

Comissão aprova nome de José Nei Ascari ao TCE