Oeste

Homem é condenado a 36 anos de prisão por abuso contra enteados de 13 e 7 anos em SC

Crimes ocorreram em 2008 e foram cometidos quando a mãe das vítimas saía para o trabalho.

Foto: Divulgação

Um homem foi condenado pela Justiça em Abelardo Luz, no Oeste catarinense, a 36 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável contra os dois enteados, de 13 e 7 anos de idade. O julgamento ocorreu na terça-feira (27), informou o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) no sábado (1º).

Além dos abusos, o padrasto ainda obrigava os dois garotos a praticarem atos sexuais entre si, informou o TJSC. Os crimes ocorreram em 2008 e foram cometidos quando a mãe das vítimas saía para o trabalho.

As vítimas e testemunhas foram ouvidas em 2012, época em que foi decretada a prisão preventiva do acusado. Ele só foi detido em 25 de agosto deste ano, em cumprimento de mandado por débitos de alimentos, ocasião em que a ordem da prisão pelos crimes contra os enteados também foi cumprida. Demais detalhes do caso não foram divulgados pelo TJSC.

A pena terá que ser cumprida em regime inicialmente fechado. Ele já responde a outro processo criminal por mais um crime sexual, em tese praticado contra a própria filha.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Massa de ar frio avança e mínima pode ficar abaixo de 5°C durante a noite desta quarta-feira em SC

O dia começa com tempo instável, mas a chuva fica mais reservada durante a manhã e início da tarde.

Após mais de 2 meses desaparecida, adolescente de 13 anos é resgatada de acampamento em mata de SC

Polícia Civil investiga suspeita de cárcere privado. Vizinho de 51 anos é procurado.

Por chineladas em criança de quatro anos, Tribunal de Justiça mantém condenação de padrasto em Criciúma

A criança possuía várias marcas pelo corpo, em regiões das pernas, costas e nádegas.

Serra registra mínima de -8°C e pelo menos 17 cidades de SC têm temperaturas negativas; FOTOS

Menor temperatura foi registrada em Urupema. Pelo menos outras 16 cidades do estado haviam registrado temperaturas negativas, segundo a Defesa Civil, neste domingo (4).