Geral

Imbituba: 70% dos alunos migram para o ensino remoto

Na Cidade Portuária, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), há dias, tem se desdobrado para encontrar soluções.

Divulgação

O aumento no número de casos da Covid-19 em Imbituba tem deixado a sociedade em estado de alerta e preocupada. E, mesmo com a realidade preocupante, muitos setores precisam buscar alternativas para manter as atividades em funcionamento. Entre eles, a educação.

Na Cidade Portuária, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), há dias, tem se desdobrado para encontrar soluções, que sejam seguras, para o cumprimento do ano letivo. Cerca de 70% dos alunos matriculados na rede municipal migraram para o ensino remoto.

A medida fez com que a Seduce repensasse a estrutura do ano. “Temos que formar turmas no remoto e não temos mais professores na listagem para contratar de 1º ao 9º ano. Para a Educação infantil, ainda temos. Mas, a frequência nas creches é muito baixa. Nós estamos com creches abertas com, apenas, cinco alunos por período. Isso é muito pouco para a quantidade de profissionais disponível”, disse a secretária Rafaela Pereira Mello.

Atualmente, há instituições com até 20 profissionais em atividade presencial. Mas, às vezes, chegam a atender cinco alunos por período. “Tem sido muito complicado. Diante da realidade do ensino remoto, que cresce em meio à pandemia, a Prefeitura de Imbituba precisará contratar professores para o atendimento na modalidade de ensino remoto”, reiterou a secretária.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Educação monta força-tarefa para garantir que alunos de comunidades distantes recebam atividades impressas

O mesmo esforço para entregar as atividades impressas para alunos sem acesso à internet está sendo feito por vários gestores escolares e professores da rede estadual.

Teoria, prática e emoção: alunos de Medicina Veterinária do Unibave auxiliam em partos de animais

Nos últimos dias, acadêmicos viveram a experiência de auxiliar na realização de partos de animais - uma cesárea e outro normal.

Secretaria da Educação disponibiliza acesso à ferramenta de atividades não presenciais para alunos e professores

As contas educacionais já foram geradas e organizadas para o acesso de forma rápida.

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans