Clima

Inúmeros fatores provocaram as fortes chuvas em SC

Lagoa da Conceição também foi afetada pelas chuvas na capital. (Foto: Eveline Poncio/NSC TV)

A chuva que caiu em Santa Catarina, principalmente em Florianópolis, causou estragos na capital e em outras 20 cidades. Foram registrados danos principalmente em rodovias e construções, além de alagamentos e vias com trânsito intenso. Em 48 horas, o volume de chuva em Florianópolis chegou a 400 mm, ultrapassando duas vezes o previsto para o mês inteiro.

Além da capital, os municípios de Imbituba, Braço do Norte, São José, São João Batista, Biguaçu, São Francisco do Sul, Penha, Itapema, Lauro Muller (pelos danos na Serra do Rio do Rastro), Porto Belo, Balneário Camboriú, Itajaí, Bombinhas, Navegantes, Taió, Camboriú, Governador Celso Ramos, Palhoça, Tijucas e Canoinhas registraram problemas por causa da chuva

O fenômeno que trouxe o grande volume de chuva se deu por três motivos principais: a umidade que vem Amazônia e foi direcionada para o Sul do Brasil, a proximidade com o oceano que está com sua temperatura elevada, além do sistema de baixa pressão que passava pelo estado. Conforme comentou o meteorologista da Epagri/Ciram, Clovis Corrêa em entrevista à Rádio Eldorado.

Ouça no podcast abaixo:

 

Informações Jornalismo Rádio Eldorado

Notícias Relacionadas

Com aperfeiçoamento constante, Associação de Apicultores de Orleans é destaque em Santa Catarina

ALERTA: Período de seca pode comprometer consumo de água em Lauro Müller

A represa localizada em Rio Bonito, a qual abastece os setores de abrangência da companhia em Lauro Müller, está quase seca.

Alagamentos e enchentes exigem ações para prevenção de doenças

Seminário discute desenvolvimento da cadeia leiteira no Sul de Santa Catarina