Segurança

Macacos, aves, cobras e tartarugas são apreendidos em SC

A operação ocorreu nesta sexta-feira, dia 3, no bairro Fátima, zona Sul de Joinville

Foto: Policia Militar Ambiental/ Divulgação

Uma operação da Polícia Militar Ambiental resultou na apreensão de mais de 50 animais silvestres, nesta sexta-feira, 3, em Joinville, Norte de Santa Catarina.

Uma residência, no bairro Fátima, zona Sul de Joinville, era utilizada para gerenciar o crime. Ao todo, foram resgatados 55 animais silvestres; 13 macacos, 11 tartarugas, 13 aves, dois lagartos, três serpentes, seis esquilos, dois hamsters e cinco iguanas.

A Polícia chegou até a casa, através de denúncias. Os animais estavam presos em gaiolas, sendo necessário realizar o transporte para um local adequado. Um homem foi indiciado por suspeita de crime ambiental. Ele assinou um termo circunstanciado.

A operação desta sexta-feira, faz parte das atividades da Semana do Meio Ambiente, para combater a rede de tráfico de animais na cidade de Joinville. Todos os animais foram resgatados e levados para uma universidade onde serão avaliados.

O crime de tráfico de animais movimenta até US$ 20 bilhões por ano, tendo a participação do Brasil em 5 a 15% deste total. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), é a terceira atividade clandestina que mais gera dinheiro, ficando atrás apenas do tráfico de drogas e armas.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Prefeitura de Criciúma recebe exposição ‘Aves do Sul de Santa Catarina’

Mostra está no hall do Paço Municipal Marcos Rovaris. Fotografias foram tiradas pelo Clube de Observadores de Aves

Aves silvestres são resgatadas da casa onde Luna foi achada morta em SC

Ao todo, 11 animais foram capturados pela Polícia Civil pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA)

Morte de 64 macacos reforça alerta para febre amarela em SC

Os casos suspeitos podem sinalizar a circulação do vírus da febre amarela em macacos, o que aumenta o risco de transmissão em humanos.

Com quatro macacos mortos, Urussanga acende alerta contra febre amarela

Secretária de Saúde do município publicou vídeo para reforçar campanha de vacinação contra a doença; "estamos preocupados".