Saúde

Mais de 423 mil pessoas não tomaram 2ª dose da vacina da Covid em SC

Maior parcela de atrasados são pessoas que receberam a Astrazeneca

Divulgação

Mais de 423 mil pessoas estão em atraso para tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19 em Santa Catarina. O maior número de atrasados é de imunizados com a vacina da Astrazeneca (veja dados abaixo). As informações são do g1 SC.

Os dados são do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SiPNI), do Ministério da Saúde, e foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na quarta-feira (20).

Por falta de doses, a imunização com a vacina da Pfizer chegou a ser suspensa em Florianópolis no último fim de semana. Além de ser usado na segunda dose, o imunizante é aplicado como reforço e exclusivamente para a vacinação de adolescentes.

A situação foi normalizada na segunda-feira (18) após a distribuição do imunizante aos municípios pela SES.

Veja a quantidade de atrasados por imunizante:

AstraZeneca: 171.098 pessoas
CoronaVac: 137.263 pessoas
Pfizer: 115.604 pessoas

Como está a vacinação nas principais cidades de SC
Florianópolis

Florianópolis aplica a segunda dose para quem está no prazo. A dose de reforço é destinada aos idosos que receberam a segunda dose até dia 24 de abril, pessoas com alto grau de imunossupressão que receberam a segunda dose há 28 dias e profissionais da saúde.

Joinville

Adolescentes a partir dos 12 anos podem se vacinar com a primeira dose em Joinville. A segunda dose é aplicada para pessoas que completaram o prazo ou estão em atraso.

Blumenau e Itajaí

Ambos municípios aplicam a primeira dose para pessoas a partir dos 12 anos. A segunda dose será aplicada para quem está no prazo. Já a dose de reforço está disponível para trabalhadores da saúde e idosos acima dos 60 anos.

Criciúma

Podem se vacinar pessoas a partir dos 18 anos. A segunda dose é aplicada para quem cumpriu o prazo previsto. Já a dose de reforço é destinada aos profissionais da saúde, idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos.

Chapecó

Chapecó aplica a primeira dose em adolescentes de 12 a 17 anos, e a segunda dose para quem está no prazo, ambos com agendamento.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Centro de Triagem encerra atividades e atendimentos são absorvidos pelas UBSs em Criciúma

Sintomáticos e suspeitos de Covid-19 serão atendidos pelas unidades de saúde

Coorsel arrecada tampinhas em prol da causa animal de Tubarão

Arrecadação foi entregue para as voluntárias que atuam na proteção de animais abandonados ou vítimas de maus-tratos.

Atleta de Muaythai de Criciúma é convocado para mundial na Tailândia

Welinton Benvenutti Fernandes disputará a categoria Senior Elite até 71

Teatro Municipal Elias Angeloni recebe espetáculo “O Homem Mais Inteligente da História”

Peça será nessa sexta-feira (3)