Saúde

Menina de 6 anos recebe vacina contra a Covid-19 por engano em Criciúma

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Criciúma, no Sul, a menina é acompanhada por médicos e está bem.

Vacinadora responsável pela aplicação foi afastada e o caso é investigado — Foto: NSC TV / Reprodução

A prefeitura de Criciúma confirmou nesta terça-feira, dia 2, que uma criança de 6 anos recebeu uma dose da vacina contra a Covid-19 por engano. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a menina é acompanhada por médicos e está bem. A vacinadora responsável pela aplicação foi afastada e o caso é investigado.

O engano ocorreu em 26 de outubro, quando a família da menina foi até um posto de saúde para tomar a vacina contra a gripe. O imunizante aplicado na criança, segundo a prefeitura, foi o da Pfizer. Responsável pela pasta da saúde no município, Acélio Casagrande, disse que a profissional tem nove anos de experiência. Segundo ele, um processo administrativo já foi aberto para identificar o que aconteceu.

“Ficamos sabendo através da nossa Vigilância Epidemiológica. A Vacinadora se equivocou. No mesmo instante, ao tomar conhecimento, ela foi afastada. É um erro humano, que pode acontecer em qualquer lugar com qualquer profissional”, disse.

Procurada, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) informou que em caso como esse os municípios têm que notificar o erro no sistema do Ministério da Saúde.

No início de outubro, a Pfizer e a BioNTech pediram ao Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora dos Estados Unidos, a autorização de uso emergencial de sua vacina contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos.

Também em setembro, Pfizer e BioNTech anunciaram que a vacina é segura e induz resposta imune em crianças de 5 a 11 anos. Os dados são preliminares e ainda precisam passar por avaliação de outros cientistas para serem publicados em revista científica. Até agora, a vacina da Pfizer pode ser aplicada em pessoas a partir dos 12 anos.

Com informações do site G1 SC

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Inovação e tecnologia ampliam a prestação de serviços digitais do Estado ao cidadão durante pandemia

Com aplicativos, sites e plataformas digitais, secretarias e órgãos de Estado adaptaram suas rotinas e substituíram o atendimento presencial pelo online.

STF autoriza SC a utilizar recursos do pagamento da dívida com a União no enfrentamento da Covid-19

O pedido foi protocolado pela Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina (PGE) para garantir que a União deixe de aplicar qualquer tipo de penalidade ao estado em razão da suspensão dos pagamentos.

Em três meses, PGE atuou em cerca de 270 ações judiciais e emitiu 36 pareceres jurídicos sobre Covid-19

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) atuou de forma judicial e administrativa para dar suporte às decisões do Poder Executivo e garantir o cumprimento das determinações para conter o avanço do novo coronavírus no Estado.