Segurança

Ministério Público de SC deflagra operação “Falta d’Água” em Navegantes

Foram cumpridos seis mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão. A operação apura eventuais crimes de corrupção passiva e ativa, organização criminosa e lavagem de dinheiro praticados por agentes públicos e empresários ligados à Secretaria de Saneamento de Navegantes (SESAN).

Foto: Divulgação

A 4ª Promotoria de Justiça de Navegantes, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), deflagrou, na manhã desta quinta-feira (13), a operação ”Falta d’ Água”, que apura eventuais crimes de corrupção passiva e ativa, organização criminosa e lavagem de dinheiro praticados por agentes públicos e empresários ligados à Secretaria de Saneamento de Navegantes (SESAN), litoral Norte de Santa Catarina.

Foram cumpridos seis mandados de prisão temporária – Navegantes (3), Curitiba (1), São José dos Pinhais/PR (1) e Brasília (1). Também já foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão em Navegantes/SC, Penha/SC , Bombinhas/SC, Curitiba/PR, São José dos Pinhais/PR e Brasília/DF.

Segundo a Promotoria de Justiça, a população de Navegantes vem sofrendo, há anos, com problemas de falta d’água e baixa qualidade da água fornecida pela SESAN. A investigação visa confirmar indícios no sentido de que tem faltado um serviço de qualidade à população porque agentes públicos vinculados à Secretaria estariam prezando pelo recebimento de valores para si, deixando de lado a prestação de um bom e eficiente serviço público.

As decisões judicias foram expedidas pela Vara Criminal de Navegantes, sendo que os mandados estão sendo cumpridos por aproximadamente 60 policiais.

A operação conta o apoio do GAECO de Itajaí, de Blumenau, da Capital, de Lages, de Joinville, do Paraná e do Distrito Federal.

O GAECO é uma força tarefa vinculada aos Ministérios Públicos Estaduais que, em Santa Catarina, contam com agentes das polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e da Secretaria de Estado da Fazenda.

Os atos de investigação estão centrados no GAECO de Itajaí. Outras informações por ora não serão repassadas para não atrapalhar a investigação.

Colaboração da Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC

Notícias Relacionadas

Massa de ar frio avança e mínima pode ficar abaixo de 5°C durante a noite desta quarta-feira em SC

O dia começa com tempo instável, mas a chuva fica mais reservada durante a manhã e início da tarde.

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Proprietário de lavação é preso por tráfico de drogas em Orleans

Na delegacia, o acusado confirmou que entregou 15 gramas de crack para o usuário em troca de um Fiat Uno com problemas mecânicos.

Polícia prende em SC quadrilha que fazia documentos falsos para foragidos da Justiça

Com novas identidades, criminosos conseguiam viver normalmente em Sombrio.