Saúde

Município de Orleans edita novo decreto que define medidas mais rigorosas de combate ao novo coronavírus

O descumprimento de algumas medidas pode representar multas, no valor de R$ 1.394,25, além da interdição de estabelecimentos comerciais.

Divulgação/Prefeitura de Orleans

Novas medidas restritivas de combate à Covid-19 foram estabelecidas pelo Decreto Municipal nº. 4.851, de 29 de julho de 2020, a fim de conter a contaminação e a propagação do novo coronavírus e evitar o colapso do sistema de saúde pública do município de Orleans e região.
O decreto foi definido em conjunto pelos prefeitos dos municípios da Associação da Região Carbonífera (Amrec) e homologado pela Comissão Intergestores Regional – CIR Carbonífera, em reunião realizada na tarde da última terça-feira (28), passando a vigorar a partir de 30 de julho de 2020.

Assim, seguem valendo as medidas restritivas baseadas na obrigatoriedade da utilização de máscara, distanciamento, horário de funcionamento e quantidade máxima de pessoas em estabelecimentos comerciais, entre outras.

O Decreto nº 4.851/2020 prevê, ainda, medidas de enfrentamento mais rigorosas, quais sejam:

a) Para o comércio em geral, inclusive galerias e centros comerciais, o horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, enquanto que aos sábados deverão atuar apenas no horário das 8h às 12h. Aos domingos, permanecerão fechados;

b) Para os serviços que envolvam alimentação não-essenciais, tais como bares, restaurantes e similares, deverão cumprir o horário estabelecido de segunda a sexta-feira, das 6h às 21h, sendo que aos sábados e domingos permanecerão fechados. Ficam permitidos os serviços por delivery, retirada na porta ou drive-thru, de segunda-feira a domingo, sem restrição de horário;

c) Para os serviços relacionados à prática de exercícios físicos, tais como academias de ginástica e musculação, Crossfit, estúdios funcionais, dança, luta, natação, dentre outros, o horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, permanecendo fechados aos sábados e domingos;

d) Por fim, para os estabelecimentos considerados serviços de alimentação essenciais, tais como supermercados, mercados, padarias, açougues, fruteiras, dentre outros, o horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, enquanto que aos sábados funcionarão das 6h às 12h. Aos domingos, permanecerão fechados.

O descumprimento de algumas medidas pode representar multas, no valor de R$ 1.394,25, além da interdição de estabelecimentos comerciais.

O decreto está disponibilizado na íntegra no site oficial do Município.

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Governo do Estado estabelece novas medidas para o transporte aquaviário e comércio de refeições nas rodovias

A comercialização de refeições pode ser feita por restaurantes localizados às margens das estradas e oferecida exclusivamente para profissionais de serviços considerados essenciais pelo Governo do Estado, incluindo nesta categoria os transportadores de carga responsáveis pelo abastecimento e transbordo de insumos da saúde.

Braço do Norte unifica as medidas para combate ao Covid-19, seguindo na íntegra as determinações do Governo Estadual

A iniciativa visa facilitar a vida dos cidadãos braçonortenses, uma vez que estavam vigentes no Município medidas mais restritivas em comparação com as editadas pelo Governo do Estado.

Coronavírus em SC: Governo edita Medida Provisória que garante auxílio financeiro ao setor cultural catarinense

No total, serão destinados R$ 4 milhões para pagamento dos benefícios, dos quais R$ 2 milhões são de devolução do Duodécimo pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Coronavírus em SC: Polícia Militar chega a 50 mil fiscalizações no trabalho de combate à Covid-19

Até esta segunda-feira (25), foram registradas 50.472 ocorrências, nas quais foram realizadas 893 notificações