Geral

Municípios serão capacitados para eleições do Conselho Tutelar

Municípios catarinenses serão orientados para a realização do processo de escolha unificado do Conselho Tutelar deste ano.

Foto: Divulgação

Municípios catarinenses serão orientados para a realização do processo de escolha unificado do Conselho Tutelar deste ano. A ação será realizada por meio de uma transmissão ao vivo, em formato semelhante ao de uma web conferência, no dia 07 de março, das 14h às 16h, com apresentação do projeto de lei que estabelece a estrutura e funcionamento do Conselho Tutelar.

A transmissão ao vivo será feita pelo canal da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), que pode ser acessada neste link. Os participantes interessados em fazer perguntas precisam estar inscritos no canal com antecedência.

A apresentação do conteúdo ficará por conta do coordenador do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CIJ), Promotor de Justiça João Luiz de Carvalho Botega.

Nesta transmissão ao vivo, os profissionais que atuam nos municípios receberão informações com relação às leis que disciplinam o Conselho Tutelar, a estrutura, as atribuições, a relação que precisam ter com o poder executivo e com os demais atores do Sistema de Garantia dos Direitos. Entre os objetivos, esta na pauta a regulamentação de todo o processo eleitoral, com regras para a campanha e penalidades no caso de descumprimento da mesma.

A orientação será efetuada por um grupo de trabalho, constituído por representantes do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) por meio do seu Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CIJ), a Federação Catarinense dos Municípios (FECAM), a Secretaria de Estado da Assistência Social Trabalho e Habitação (SST), o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) e a Associação Catarinense de Conselheiros Tutelares (ACCT).

Uma das metas do grupo é tornar o processo mais transparente e democrático com o novo formato adotado para a apresentação do Projeto de Lei. “Os catarinenses poderão acompanhar a apresentação e conhecer o real papel do Conselho Tutelar e suas atribuições. A intenção é atingir o maior número de pessoas possível por meio do Youtube e alcançar todos os municípios do estado”, destaca a Assessora da Diretoria de Direitos Humanos, Karina Gonçalves Euzébio.

Colaboração: Comunicação SST

Notícias Relacionadas

No mês de aniversário do ECA, Conselho Tutelar de Lauro Müller faz resumo da história e ações no município

Para lembrar e celebrar o aniversário do ECA, o Conselho Tutelar de Lauro Müller montou um histórico das ações realizadas desde 1994, ano de criação do órgão no município.

Novos nomes do PSD se reúnem para discutir ações para as eleições deste ano

Eleições 2020: PSD projeta eleições a partir da Tríplice Aliança entre PSB e MDB

O presidente Eliandro Bett Giongo falou sobre os preparativos para as disputas eleitorais e ressalta projetos para o crescimento de Lauro Müller

TSE aprova reserva de recursos para negros nas eleições de 2022

Critério de distribuição também deverá ser aplicado no tempo de TV