Saúde

Mutirão de exames de ultrassom será pago pelo município de Imbituba

A intenção é zerar o número de pacientes que aguarda na fila de espera pelos exames.

Divulgação

A Prefeitura de Imbituba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA), irá realizar um mutirão de ultrassonografias entre os meses de outubro e novembro. A intenção é zerar o número de pacientes que aguarda na fila de espera pelos exames.

“Nós chamamos os credenciados e vamos pagar pelo mutirão de ultrassonografia. Vamos tirar todo mundo da fila de espera. São pacientes que fariam o exame pelo Sistema Único de Saúde (SUS) só em fevereiro do ano que vem”, disse a Secretária Municipal de Saúde, Graciela Wiemes Ribeiro.

Ainda segundo a Secretária de Saúde, com o mutirão, o município estará regulando o serviço de acordo com o Sistema Nacional de Regulação (SISREG). Inclusive, a intenção é criar um SISREG municipal. Com o serviço de regulação, não será mais permitido que os pacientes, que tem alguma urgência para a realização urgente de um ultrassom, fiquem na fila de espera.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Imbituba

Notícias Relacionadas

Mulheres convivem há anos com dores após cirurgias malsucedidas feitas em mutirão em Criciúma

Ministério Público fez TAC com prefeitura e hospital para garantir operações reparadoras. Município diz que todas as pacientes serão avaliadas.

Alto número de faltas em consultas e exames prejudica pacientes da saúde de Siderópolis

As ausências comprometem a capacidade de marcação de consultas de uma Unidade Básica de Saúde.

Levantamento mostra que 45% dos beneficiários do PIS/PASEP vão usar dinheiro extra para pagar dívidas em atraso

Para SPC Brasil, medida é importante para que o cidadão consiga sanar pendências e recuperar crédito no mercado. Cerca de14% dos brasileiros ainda não sabem se têm direito ao benefício

Funcionários de hospital de Nova Veneza entram em greve por pagamento de salários

Segundo sindicato, apenas atendimento de emergência é realizado. Hospital deve R$ 70 mil da folha de pagamento de junho, conforme entidade.