Segurança

Perícia: IGP aponta que tablet da PM de Laguna não tinha problema

Diego Scott desapareceu em janeiro, após ter sido abordado por policias militares, que alegaram problemas de funcionamento no tablet.

IGP

Foto: Arquivo / Wilians Biehl

O tablet que estava na viatura utilizada pelos policias militares durante a abordagem a Diego Scott, em Laguna, não estava com problemas de funcionamento, segundo o Instituto Geral de Perícias (IGP). O aparelho ficou desligado enquanto os agentes estavam com o morador, que segue desaparecido há quase sete meses.

De acordo com o laudo do IGP, não foram localizados vestígios de falhas que possam ter ocasionado o desligamento do tablet no período das 16h30 às 17h30 do dia 15 de janeiro, quando Diego sumiu. “O laudo concluiu que não houve falha no equipamento, portanto, contrariando a versão dos policiais de que o tablet teria desligado sozinho”, explica o advogado Breno Schiefler Bento, que representa a família de Diego.

Os dois policiais envolvidos na ocorrência já foram denunciados na Justiça Militar por prevaricação e falsidade ideológica pela 5ª Promotoria da Capital. Diego foi visto pela última vez entrando em uma viatura da PM de Laguna em janeiro deste ano. Inicialmente, os policiais disseram não ter encontrado e nem abordado o lagunense. Eles só mudaram a versão após surgirem imagens de câmeras de monitoramento mostrando o contrário. Buscas com cães, helicóptero e com ajuda de amigos e familiares foram feitas, mas ele não foi localizado.

“Após todos esses indícios, aguardamos a análise do Ministério Público e esperamos o aditamento da denúncia para que a família possa ter o mínimo de conforto nesse momento de dor, que já dura mais de seis meses. Esperamos e acreditamos na Justiça”, reforça o advogado da família.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Colisão frontal termina em morte em Balneário Rincão

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito