Segurança

Polícia Civil indicia e prende homem suspeito de realizar dois roubos armados em Criciúma

Os crimes investigados ocorreram no fim de janeiro deste ano, ambos no bairro Jardim Maristela

Divulgação/Polícia Civil

A Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi, identificou e prendeu preventivamente um homem de 22 anos apontado como sendo autor de um roubo armado e uma tentativa de roubo também armada. Os crimes investigados ocorreram no fim de janeiro deste ano, ambos no bairro Jardim Maristela, com intervalo de apenas dois dias.

No primeiro, uma dupla rendeu um motorista e tentou colocá-lo no porta malas do próprio veículo. Ele conseguiu buscar ajuda e os autores fugiram levando dinheiro, controles e aparelho celular. Um dos envolvidos ainda tentou, mais tarde, usar um dos controles para ingressar na casa da vítima.

O outro caso ocorreu dois dias depois, no mesmo bairro, onde uma dupla armada abordou um veículo e anunciou o assalto. O motorista percebeu a movimentação e conseguiu evitar a ação dos criminosos.

Com o avanço nas investigações, foi possível identificar um dos autores. No decorrer do Inquérito policial, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado, que foi deferida. Ele foi localizado e capturado por policiais da DRR/DIC no bairro Vida Nova e encaminhado ao Presídio. Foi indiciado por roubo qualificado e tentativa de roubo qualificado.

Notícias Relacionadas

Homem é assassinado e duas mulheres feitas de refém em Gravatal

Ocorrência foi registrada por volta das 11h20 pela Polícia Militar. Dois suspeitos foram presos.

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Tribunal de Justiça nega liberdade para homem acusado de usar até boneca vodu para aterrorizar sua ex

O homem desrespeitou as medidas protetivas concedidas anteriormente em favor da ex-companheira