Segurança

Polícia Civil procura suspeitos de tentativa de homicídio executado em Lauro Müller

Os suspeitos teriam sido contratados pela esposa da vítima para mata-lo. Os suspeitos simularam um roubo à residência para matar o homem de 48 anos.

Divulgação/Polícia Civil

Durante a tarde desta sexta-feira (5), as Polícias Civis de Lauro Müller e Orleans, procuram os suspeitos pela tentativa de homicídio à um homem de 48 anos, em Lauro Müller. O crime ocorreu em 16 de janeiro de 2019. As buscas pelos suspeitos têm o apoio do helicóptero da Saer.

Após investigações a polícia descobriu que a tentativa de homicídio teria sido planejada pela esposa da vítima. A mulher, com iniciais E. C., de 34 anos, contratou uma pessoa para simular um furto e matar seu marido C. R. de S., de 48 anos. Com isso, a mulher teve sua prisão temporária decretada e foi presa na manhã de 28 de junho de 2019.

Após novas investigações, a polícia descobriu novos suspeitos. Estão envolvidos no crime uma adolescente, além de P. da S. S., de 23 anos, e K. A. da S., de 28 anos. Os suspeitos teriam participado do crime e tiveram decretadas as prisões temporárias, além de três buscas e apreensão.

Dos suspeitos, a polícia localizou e prendeu P. da S. S., de 23 anos. O investigado Kelven Altevir da Silva, natural do Paraná, está foragido. As buscas e apreensões estão sendo cumpridas nesta tarde com apoio do SAER e de policiais civis de Lauro Müller e Orleans.

Kelven Altevir da Silva está foragido – Divulgação/Polícia Civil

A Polícia denominou a Operação de Sicários, que significa matador de aluguel ou quem é contratado para matar alguém.

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.