Geral

Presídio de Tubarão será fechado; entenda

Detentas serão realocadas em outras estruturas do sistema prisional de Santa Catarina. Decisão foi divulgada via nota pelo Estado.

Divulgação

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), divulgou através de nota, a confirmação sobre o fechamento do presídio feminino de Tubarão, no sul do Estado.

De acordo com a SAP, a estrutura localizada no bairro Humaitá é ultrapassada e não atende mais as necessidades do sistema. O local por exemplo, não possui área materna infantil ou área para trabalho em grande escala. “É uma estrutura muito pequena e não atende as últimas resoluções”, afirma o secretário da SAP, Leandro Lima.

Conforme a secretaria, está prevista uma movimentação de internas por todo o Estado a partir da inauguração do presídio feminino de Joinville. A obra da unidade que será sediada no Norte de Santa Catarina começou em 2014.

Mesmo sem data definida para a entrega da estrutura, a SAP confirma que será feita uma realocação de detentas em todo o Estado, como é o caso de Tubarão.

O secretário da SAP também confirma a partir de alinhamentos com o Estado, o futuro do local após sua desativação, que ainda depende da abertura da unidade no norte do estado.

“Reafirmamos um compromisso para que aquele terreno fique à disposição da prefeitura, evidentemente, que toda a responsabilidade de desmontá-lo e entregar à municipalidade é do Estado. Mas a ideia é que o espaço possa ser ocupado por algum serviço prestado a comunidade”, afirma.

Os servidores que atuam no presídio feminino da cidade azul, serão transferidos para o presídio masculino regional de Tubarão.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informa que o Presídio Feminino de Tubarão será fechado, pois a unidade está instalada em uma estrutura antiga e que não atende mais as necessidades do sistema. Isso deverá ocorrer nos próximos meses com a ativação do Presídio Feminino de Joinville.

A nova unidade vai permitir que seja feita uma movimentação de internas em todo o estado para que cada uma cumpra sua pena ou aguarde julgamento o mais próximo possível de seus familiares.

Hoje há Presídio Feminino na Capital, Tubarão, Itajaí e Ituporanga e Penitenciária Feminina em Criciúma e Chapecó. Todos servidores do Presídio Regional Feminino de Tubarão serão realocados na Penitenciária Masculina de Tubarão.”

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Presídio de Araranguá beneficiado com verbas de penas pecuniárias do sul do Estado

O Presídio Regional de Araranguá promoveu, na última sexta-feira (19), a inauguração da sala de aula e da biblioteca daquela unidade.

Central do Cidadão atende demanda braçonortense do Ministério do Trabalho fechado há quase dois anos

Para evitar o deslocamento até a agência, os procedimentos também podem ser feitos online através do endereço www.trabalho.gov.br.

Tribunal de Justiça nega prisão domiciliar a detento que poderia fazer tratamento de saúde no presídio

O detento passou por perícia de um médico legista, que ressaltou a possibilidade de continuar o tratamento do detento na própria prisão

Professora de Lauro Müller foi assassinada

O acusado é um homem que foi preso preventivamente nesta quarta-feira (09) e, encaminhado para o Presídio Santa Augusta de Criciúma.