Segurança

Queda de elevador deixa uma vítima fatal em prédio de Braço do Norte

O edifício estava em construção e dois trabalhadores estavam dentro do elevador. A segunda vítima foi encaminhada para o Hospital.

Divulgação

Por volta das 10h desta quinta-feira (24), os Bombeiros Militares de Braço do Norte foram chamados para atender uma ocorrência de queda de elevador. O edifício em construção fica na Rua Santa Augusta, no Bairro Coloninha. Dois trabalhadores estavam no elevador quando o acidente ocorreu.

Ao chegarem no local os bombeiros contataram que Ricardo Yamaguti, de 22 anos, já estava sem os sinais vitais e veio ao óbito no local. A segunda vítima estava inconsciente, com uma hemorragia nasal e suspeita de traumatismo crânio encefálico. Também apresentada sintomas de choque ou parrada cardíaca.

O trabalhador foi identificado como Rafael Martins Araújo, de 34 anos, e foi conduzido até o Hospital Santa Terezinha que fica a 500m do prédio. Ele recebeu o atendimento médico e está sendo levado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão. O seu estado é grave, mas estável.

Os Bombeiros não sabem precisar a altura da queda no momento do acidente.

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Braço do Norte unifica as medidas para combate ao Covid-19, seguindo na íntegra as determinações do Governo Estadual

A iniciativa visa facilitar a vida dos cidadãos braçonortenses, uma vez que estavam vigentes no Município medidas mais restritivas em comparação com as editadas pelo Governo do Estado.