Saúde

Sábado é dia de prevenção contra Hepetite em ação na Praça da Igreja Matriz em Cocal do Sul

Neste dia serão realizados testes rápidos, orientações e aplicação da vacina contra a da febre amarela para as pessoas interessadas.

Divulgação

Será neste sábado (13), o Dia D da Campanha Julho Amarelo que conscientiza e alerta sobre as hepatites virais. A equipe da Secretaria Municipal de Saúde estará na Praça da Igreja Matriz, ao lado da Casa Paroquial, pela manhã, com uma ação educativa. Neste dia serão realizados testes rápidos, orientações e aplicação da vacina contra a da febre amarela para as pessoas interessadas.

Além disso, durante o mês de julho todas as unidades de Saúde estão oferecendo os testes rápidos e a vacinação contra a hepatite B. Nesta sexta-feira, 12, às 14h30min, no Centro Dia do Idoso, uma palestra também será ministrada pelo médico infectologista, Dr. Raphael Elias Farias para a terceira idade.

“É importante que toda a população participe desta mobilização. Nossa equipe estará disponível para tirar as dúvidas, orientar e realizar os testes. Nosso objetivo é aumentar a cobertura vacinal para reduzir a transmissão de hepatite B, uma doença silenciosa que causa a inflamação do fígado. As pessoas até 60 anos que nunca fizeram, deverão receber a dose”, ressalta a secretária de Saúde, Sinara Crippa Milanez.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Cocal do Sul 

Notícias Relacionadas

Campanha Natal Jovem Solidário de Orleans distribui mais de 500 brinquedos e meia tonelada de alimentos

Ação promovida pelo Setor de Juventude da Paróquia Santa Otília finalizou no domingo (23) com a entrega das doações pelos voluntários.

Vigilância em Saúde de Criciúma promove oficina para planejar ações, prevenção e controle de doenças

Capacitação aconteceu na Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc)

Operação contra o furto de gado é realizada no Sul

As fiscalizações aconteceram em Gravatal, Içara, Morro da Fumaça e Bom Jardim da Serra. Pelo Estado, outras cidades também fazem parte das investigações.

Número de pacientes com hepatite cresce 20% em 10 anos no Brasil

Apesar do aumento, o levantamento apontou queda de 9% no total de mortes, saindo de 2.402 em 2007 para 2.184 em 2017.