Geral

SC é o estado do Brasil com a menor taxa de analfabetismo, aponta IBGE

Estado também possui a cidade com o maior número de alfabetizados do Brasil

Foto: Divulgação

Santa Catarina tem a menor taxa de analfabetismo do Brasil, apontam dados do Censo Demográfico 2022, produzido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta sexta-feira (17). As informações são do g1 SC.

De acordo com o IBGE, Santa Catarina tem apenas 2,7% dos habitantes, acima de 15 anos ou mais, que não sabem ler e escrever. No Censo Demográfico de 2010, o anterior, esse número era de 4,1%. Dos 6,2 milhões de catarinenses de 15 anos ou mais, 6,02 milhões eram alfabetizados e 165,2 mil eram analfabetos.

Na comparação com outros estados, Santa Catarina ultrapassou o Distrito Federal, que no Censo anterior era a Unidade da Federação com menor número de analfabetos.

São João do Oeste, no Oeste catarinense, se classificou como a cidade com a menor taxa de analfabetismo do Brasil. Conforme o Censo de 2022, 99,1% da população do município é alfabetizada e 0,9% dos 6.295 habitantes não sabem ler, nem escrever.

Taxa de analfabetismo cai no Brasil

Em 12 anos, a taxa de analfabetismo foi de 9,6% para 7,0% no Brasil. Em 2022, havia, no país 163 milhões de pessoas de 15 anos ou mais de idade, das quais 151,5 milhões sabiam ler e escrever um bilhete simples, e 11,4 milhões não sabiam.

O grupo de idosos, com 65 anos ou mais, teve a maior queda de analfabetismo em duas décadas, passando de 38,0% em 2000, para 29,4% em 2010 e 20,3% em 2022, uma queda de 46,7%. Conforme o IBGE, as pessoas de cor ou raça branca e amarela com 15 anos ou mais de idade tiveram as menores taxas de analfabetismo, 4,3% e 2,5%, respectivamente. Já as pessoas de cor ou raça preta, parda e indígena do mesmo grupo etário tiveram taxas de 10,1%, 8,8% e 16,1%, respectivamente.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Setor de serviços se recupera e cresce 15% acima do cenário pré-pandemia, aponta IBGE

Em novembro de 2021, SC teve o segundo maior crescimento do país

Indústria catarinense registra terceira maior alta do país em dezembro, aponta IBGE

Em dezembro, na série sem ajuste sazonal, a setor no estado cresceu 18,7% na comparação com o mesmo mês de 2019. O resultado é o terceiro maior entre os 15 locais pesquisados pelo IBGE.

Setor de serviços cresce 17% em SC no acumulado do ano, aponta IBGE

O governador Carlos Moisés destacou que, além dos serviços, outros ramos da economia catarinense, como a indústria e o comércio, também registram altas acima da média nacional

Mulher é morta a facadas pelo namorado após discussão por ciúmes em Criciúma

Namorado confessou ter usado uma faca de cozinha para matar a vítima em Criciúma