Geral

Setor de serviços cresce 17% em SC no acumulado do ano, aponta IBGE

O governador Carlos Moisés destacou que, além dos serviços, outros ramos da economia catarinense, como a indústria e o comércio, também registram altas acima da média nacional

Divulgação

Santa Catarina mantém um crescimento acima da média nacional também no setor de serviços. Dados divulgados nesta terça-feira, 14, pelo IBGE apontam uma alta de 17,1% no estado entre janeiro e julho de 2021, na comparação com o mesmo período do ano anterior. O crescimento catarinense foi o quarto maior entre todos os estados. A média nacional ficou em 10,7%.

O governador Carlos Moisés destacou que, além dos serviços, outros ramos da economia catarinense, como a indústria e o comércio, também registram altas acima da média nacional. Com isso, Santa Catarina tem um saldo de quase 140 mil empregos formais até julho.

“Santa Catarina está se recuperando de uma maneira muito firme após o tombo causado pela pandemia. O Governo do Estado tem trabalhado em parceria com o setor produtivo para dar segurança jurídica a todos que desejam investir por aqui. Esse crescimento no setor de serviços é um indicativo de que estamos no caminho certo”, afirmou o governador.

Segundo o IBGE, o setor já se recuperou das perdas causadas pela Covid-19. Em Santa Catarina, o volume de serviços hoje já está 13,3% acima do registrado no pré-pandemia. Nacionalmente, este índice está em 3,9%.

“O setor de serviços foi um dos afetados pela pandemia que desequilibrou a economia do país. Este crescimento acima da média nacional representa uma retomada importante para a saúde dos negócios e otimismo dos empresários que têm apostado em Santa Catarina. Nosso papel é apoiar quem quer investir em Santa Catarina e trazer mais oportunidades de emprego nas cidades”, frisa o Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon.

Alta também no turismo

O IBGE também divulgou dados relacionados ao setor de turismo. Em julho, houve um crescimento de 9,4% em Santa Catarina em relação ao mês anterior. Trata-se do segundo melhor resultado do país, atrás apenas de Pernambuco (9,5%). Apesar disso, o setor ainda não retornou ao nível de atividade registrado antes da pandemia, em fevereiro de 2020. A retração acumulada no período é de aproximadamente 20% em Santa Catarina e de 32% na média nacional.

Notícias Relacionadas

Indústria catarinense registra terceira maior alta do país em dezembro, aponta IBGE

Em dezembro, na série sem ajuste sazonal, a setor no estado cresceu 18,7% na comparação com o mesmo mês de 2019. O resultado é o terceiro maior entre os 15 locais pesquisados pelo IBGE.

Setor de serviços se recupera e cresce 15% acima do cenário pré-pandemia, aponta IBGE

Em novembro de 2021, SC teve o segundo maior crescimento do país

Grupo que vendia carne vencida em churrascaria de espeto corrido de SC é condenado

Esquema criminoso foi revelado há um ano; dez pessoas foram condenadas a mais de 60 anos de prisão

Gripe: vírus H3N2 causou sete mortes no último mês em SC

Segundo a Dive, três das mortes ocorreram em Tubarão