Geral

Sugestão do Observatório Social de Içara prevê economia de R$ 1,5 milhão no Legislativo

Com a sugestão de reduzir de 15 para 13 o número de vereadores na próxima legislatura, a economia ultrapassaria R$ 1,5 milhão ao ano.

Foto: Divulgação

O Observatório Social de Içara se reuniu com vereadores para encaminhar sugestões de economia. A principal delas seria indexar o salário deles, de R$ 9,7 mil, com o rendimento de um professor pós-graduado 40 horas, que é R$ 5,4 mil. A mudança também se estenderia aos assessores, que dos R$ 5,5 mil passariam a receber R$ 2,7 mil. Com a sugestão de reduzir de 15 para 13 o número de vereadores na próxima legislatura, a economia ultrapassaria R$ 1,5 milhão ao ano.

O presidente do Observatório, Renato Brígido, vai encaminhar a por escrito a todos os vereadores com o prazo de 30 dias para manifestação ou apresentação de uma contraproposta. Com a medida, Brígido explica que seria possível comprar uma sede para Câmara Municipal em menos de dois anos, o que geraria ainda mais economia.

“Acredito que não haverá falta de candidato por causa disso na próxima eleição, nem faltarão pessoas interessadas em ser assessor. A vereança não pode ser uma questão salarial. O salário de um professor pós-graduado é muito digno” argumentou.

O presidente da Câmara Alex Ferreira Michels – PSD explica que com o aumento de quatro vereadores na legislatura atual, foi preciso cortar despesas para que os gastos não aumentassem na mesma proporção. Ele disse que as contas estão equilibradas, e que o assunto tem margem para discussão.

“Conseguimos manter as contas equilibradas com medidas internas de controle. Hoje é muito viável manter 15 vereadores e reduzir o subsídio. Entretanto, isso será debatido junto com todos os vereadores” comentou.

Conforme o levantamento do Observatório Social, o Poder Legislativo de Içara custa R$ 97,93 para cada cidadão da cidade. Com 54,8 mil moradores, o valor é até 75,18% a mais do que em municípios de mesmo porte. Em Mafra, por exemplo, o Observatório apontou que o custo é de R$ 55,90 para cada 55,9 mil habitantes.

Com informações do site NSC Total

Notícias Relacionadas

Comodidade e economia: empresa de Orleans oferece serviço “delivery” no comércio de baterias

Há 46 anos, VR Baterias atende toda linha automotiva, agrícola e de transporte de cargas com economia de até 30% na compra de baterias Helux, marca própria.

Justiça confirma resultado de licitação que gerou economia de R$ 12 milhões pela Saúde do Estado

A licitação foi realizada pela Secretaria da Saúde para fornecimento de ventilação domiciliar e tratamento de oxigenoterapia a pacientes catarinenses.

EXPOMAIS inicia nesta quarta-feira para compartilhar conhecimento e fomentar economia

Evento segue até quinta-feira na sede da Acic com renomados profissionais e diversas atividades.

Sorteio de R$ 30 mil em dinheiro aumenta procura por compras no Feirão Roluza

Mais de 100 mil cupons já foram preenchidos por clientes que participam da promoção Natal Premiado. Sorteio acontece no domingo (24).