Segurança

Três pessoas são indiciadas pela Polícia Civil por envolvimento em roubos e receptação em Criciúma

Um adolescente também foi identificado com envolvimento.

Divulgação/Polícia Civil

A Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi, concluiu investigações de roubos ocorridos nos bairros Rio Maina, São Luiz e Sangão. Três homens foram indiciados por participações em roubos e receptação de produtos roubados. Um adolescente também foi identificado com envolvimento.

Uma dupla armada rendeu duas vítimas no Rio Maina, em novembro passado. Foi subtraído um veículo e pertences pessoais. Os autores foram identificados, entre eles um adolescente de 15 anos, sendo o adulto de 20 anos indiciado e atualmente está recolhido no Presídio Santa Augusta.

Em outro caso, um homem de 33 anos foi identificado e indiciado por receptação de um aparelho celular roubado em novembro passado no bairro São Luiz. Outro homem de 22 anos foi indiciado por roubo com uso de faca em comércio, ocorrido em janeiro no bairro Sangão, após apuração em conjunto com a DP de Forquilhinha. O homem também foi recolhido ao Presídio.

Notícias Relacionadas

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Quatro adolescentes criam startup para fiscalizar os poderes de Criciúma

O objetivo dos jovens é reunir informações dos poderes Legislativo e Executivo do município de Criciúma em uma plataforma mais acessível.

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.