Geral

Tubaronense morre de parada cardiorrespiratória 1 dia após receber alta de tratamento para Covid-19

Rafael Moreno estava internado desde o dia 5 de janeiro, teve alta nesta terça-feira. e morreu na manhã desta quarta.

Divulgação

Morreu na manhã desta quarta-feira (20), o árbitro de atletismo de Tubarão, Rafael Ramos Moreno, aos 41 anos. O corpo foi velado na capela da funerária Santa Rita e sepultado no cemitério Horto da Saudade por volta das 15h30.

Rafael foi vítima de uma parada cardiorrespiratória e morreu um dia após receber alta do hospital. Ele estava internado em tratamento para Covid-19 desde o dia 5 de janeiro.

O tubaronense era bem conhecido no meio esportivo e trabalhava como árbitro pela Federação Catarinense de Atletismo em Santa Catarina. Ele morava no bairro Oficinas e deixa 1 filha.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

STF autoriza SC a utilizar recursos do pagamento da dívida com a União no enfrentamento da Covid-19

O pedido foi protocolado pela Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina (PGE) para garantir que a União deixe de aplicar qualquer tipo de penalidade ao estado em razão da suspensão dos pagamentos.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.