Geral

Artesãos têm oportunidade de requerer Carteira Nacional, na Amesc

Dá direito a participar de feiras e exposições oficiais e até contribuir para o INSS, podem se cadastrar na próxima segunda-feira (4).

Foto: Divulgação

Artesão de Maracajá e da comarca de Araranguá, que ainda não estão inseridos no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab), mantido pelo governo federal e que emite a “Carteira Nacional do Artesão”, que dá direito a participar de feiras e exposições oficiais e até contribuir para o INSS, podem se cadastrar na próxima segunda-feira (4), na Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense – Amesc.

O processo de cadastramento é resultado de parceria da Amesc com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, por meio da Coordenação Estadual do Artesanato. “Serão cadastrados artesãos com produção inspiradas nos elementos da cultura catarinense e os atendimentos ocorrem das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30”, informa a diretora do Departamento de Assistência e Bem Estar Social de Maracajá, Suelen Zandonadi.

Conforme a diretora, os candidatos ao cadastramento e a Carteira Nacional do Artesão devem ter mais de 16 anos, e apresentar uma foto 3×4 recente, cópias da carteira de identidade e do CPF, além de comprovante de residência com CEP, atualizado. É necessário, também, a apresentação de três peças de sua autoria e executar no local a técnica a ser cadastrada, ou apresentar vídeos que comprovem a autoria.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Maracajá

Notícias Relacionadas

Inscrições abertas para os cursos do Bairro da Juventude

Forquilhinha abre inscrições para ACTs 2017 para contratação em 2018

Regiões da Amrec, Amurel e Amesc se organizam para atraírem novos investimentos

De 2012 a 2018, a região cresceu 71,53% enquanto o Estado 72,69%.

Ministério do Trabalho lança portal SINE Fácil no fim deste mês

Apresentação do projeto para secretários ocorreu hoje em Brasília.